Ferrari Enzo deverá atingir R$ 16 milhões em leilão

A Ferrari Enzo teve apenas 400 unidades produzidas e o exemplar leiloado possui pouco mais de 1.200 km rodados. Motor V12 6.0 despeja 660 cv e 67,4 kgfm

Esta Ferrari Enzo 2003 está em leilão pela RM Sothebys e os lances devem atingir entre US$ 2,6 milhões e US$ 2,9 milhões (algo próximo de R$ 15.784.000, em conversão direta). O superesportivo de Maranello é de propriedade de um colecionador da Califórnia, nos Estados Unidos, com chassi de número 13.303 e ostenta somente 1.211 km rodados.

Apesar de pouco rodado, de acordo com o anúncio, foram realizadas manutenções preventivas nos anos de 2015 e 2017, ambas realizadas pela Ferrari São Francisco.

Tudo isso, para o novo proprietário curtir sem dores de cabeça o poderio do motor V12 6.0 5.999 cm³) naturalmente aspirado de 660 cv a 7.800 rpm de potência e 67,4 kgfm a 5.500 rpm de torque. A transmissão é automatizada de dupla embreagem e seis marchas.

Esse conjunto associado a relação peso-potência de incríveis 2,07 kg/cv permite acelerar da imobilidade aos 100 km/h em baixíssimos 3,6 segundos e cravar 350 km/h de velocidade máxima. Para conter esse ímpeto, os discos de freios em carbono-cerâmica são de 15″ da renomada Brembo, enquanto as rodas de 19″ vestem pneus de medidas 245/35 na dianteira e de 345/35 na traseira.

A cabine é uma das poucas, com o raro opcional de bancos de corrida em duas tonalidades e ainda estão presentes detalhes em fibra de carbono. Quem levar para casa o exemplar das fotos receberá o kit de ferramentas e todos os manuais.

Apenas 400 unidades da Ferrari Enzo foram produzidas e o nome homenageia o fundador do icônico fabricante italiano. A apresentação oficial aconteceu no Salão de Paris, na França, em 2002. O design é assinado por Ken Okuyama, que também participou do projeto da Ferrari P4/5.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar