Ferrari F40 que pegou fogo em Mônaco será restaurada

A Ferrari F40 que pegou fogo nas ruas do principado de Mônaco será restaurada. O trabalho será demorado para reparar os enormes estragos causados pelo fogo

Lembra-se da Ferrari F40, que pegou fogo nas ruas do principado de Mônaco, no início deste ano? Apesar dos enormes estragos causados pelo fogo, segundo informações, a boa notícia é que o icônico superesportivo de Maranello será restaurado.

O grupo Ferrari Owners Club NL compartilhou no Facebook algumas imagens do exemplar. Ao que tudo indica, as fotos foram registradas no centro de serviços Ferrari Cavallari, uma concessionária em Mônaco.

A única parte recuperável mais facilmente da F40 é a porção dianteira. Entretanto, o trabalho de restauração será demorado, incluindo a instalação de um novo motor, transmissão, interior completo e provavelmente peças estruturais.

Afinal, não sobrou muito para contar a história. Vale o esforço por se tratar de uma Ferrari F40, que traz um motor V8 2.9 biturbo de 478 cv de potência e 58,8 kgfm de torque para acelerar da imobilidade aos 100 km/h em 4,1 segundos e cravar a velocidade máxima de 324 km/h.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar