Ferrari Testarossa de Miami Vice está a venda por R$ 4,64 milhões

0
895

O Natal está chegando e mas ainda dá tempo para garantir o seu presente. Uma das duas Ferraris Testarossa 1986 que estrelaram no famoso seriado Miami Vice está a venda no site de compras eBay por US$ 1,75 milhão (R$ 4,64 milhões). É um preço alto, já que versões “normais” do esportivo tem valor médio entre R$ 300 mil e R$ 400 mil no mercado internacional.

De acordo com o vendedor, junto com o modelo vai toda a documentação que comprova a sua autenticidade como o carro do personagem Sonny Crockett. Originalmente pintada de preto, o exemplar foi repintado para facilitar a gravação de cenas noturnas. 

A presença do carro no show também é interessante. Originalmente, a máquina do personagem vivido pelo ator Don Johnson era uma réplica da clássica Ferrari Daytona Spyder de 1972, montada sobre a estrutura de um Chevrolet Corvette. A representação da Ferrari nos Estados Unidos, no entanto, não gostou do sucesso que a réplica estava fazendo em Miami Vice e resolveu doar duas Testarossas à produção, com a condição de que o Corvette modificado fosse destruído.'”

Produzido entre 1984 e 1989, o seriado contava o história dos policiais James “Sonny” Crockett e Ricardo “Rico” Tubbs (Phillip Michael Thomas), que disfarçados como traficantes de droga combatiam o crime na cidade de Miami. No Brasil, a série foi ao ar pela SBT e na TV Globo.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel