Fiat 500 vira peça de museu nos EUA

Fabricado entre 1957 e 1975 na Itália, o 500 de primeira geração teve mais de 4 milhões de unidades produzidas

1961
Fiat 500 F (Divulgação)

Um exemplar do Fiat 500 de primeira geração será um dos itens expostos na mostra The Value of Good Design (O Valor do Bom Design, em tradução livre), que acontece no Museu de Arte Moderna de Nova York (EUA), entre os dias 10 de fevereiro e 27 de maio de 2019.

“O 500 é um ícone do design italiano que nunca saiu de moda e que continua ganhando fãs ao redor do mundo graças às suas características e personalidade forte”, destacou Luca Napolitano, diretor das marcas Fiat e Abarth na região EMEA, que compreende Europa, Oriente Médio e África.

O exemplar exposto é um 500 F, produzido entre 1965 e 1972 e que foi a série mais popular do modelo original. Fabricado entre 1957 e 1975 na Itália, o 500 de primeira geração teve mais de 4 milhões de unidades produzidas.