Fiat e Peugeot já são sócias em fábrica de vans

Não é por um acaso que os modelos Fiat Ducato e Citroën Jumper são quase idênticos: ambos foram projetados pela mesma empresa

Fiat Ducato
Fiat Ducato (Divulgação)

A Fiat-Chrysler (FCA) e o Grupo PSA confirmaram nessa semana (leia mais aqui) que iniciaram negociações para a formação de uma aliança entre as duas empresas. Mas não será a primeira vez que as duas companhias trabalham juntas em um mesmo empreendimento.

Em 1978, a Fiat e a Peugeot Citroën formaram a Sevel, uma joint-venture voltada para o projeto em conjunto e produção na Itália de um novo modelo de van, que com algumas modificações seria vendida sob as marcas Fiat (Ducato), Alfa Romeo (AR6), Citroën (C25), Peugeot (J5) e Talbot (Express). Até hoje, o atual Ducato serve de base para o Citroën Jumper e o Peugeot Boxer. E em fevereiro deste ano os sócios concordaram em estender a parceria até 2023.

Além da Sevel, a FCA e a PSA já estiveram unidas também na Sevel Nord, outra joint-venture (desta vez com base na França) e que surgiu inicialmente com o objetivo de produzir minivans.

O primeiro modelo da Sevel Nord foi lançado em 1993 e seguia a receita do Ducato, sendo vendido inicialmente como os Fiat Ulysse, Citroën Evasion, Lancia Phedra e Peugeot 806. Em 2012, a FCA vendeu as suas ações para a PSA. Mas a empresa segue ativa, atualmente responsável pela produção dos Citroën Jumpy, Peugeot Expert e do ProAce, uma versão do utilitário da PSA feito sob encomenda para a Toyota.