Fiat Mobi Drive tem o motor 3 cilindros que um city-car merece

Enfim, o Mobi ganhou o motor tricilíndrico com o qual deveria ter sido lançado. No lugar do conhecido 1.0 Fire de 4 cilindros, já um tanto ultrapassado, a versão Drive traz o novo propulsor 3 cilindros 1.0 6V da família Firefly (vagalume, em inglês), que estreou na linha 2017 do Fiat Uno, nas versões Attractive e Way. São 72/77 cv (g/e) e o câmbio é manual de cinco marchas ou – outra novidade – automatizado Dualogic (chega daqui a dois meses). Assim como o Uno, o Mobi Drive tem direção elétrica. E também estreia o sistema Live On, apresentado no lançamento do modelo e que pareia o celular, transformando-o na central multimídia do carro. 

Essas modificações foram suficientes para melhorar muito seu consumo, o colocando entre os modelos mais econômicos do Brasil. Na versão Dualogic é o 1.0 mais econômico do país, perdendo apenas para híbridos e os Peugeot 1.2. Na versão manual, também entre os 1.0, ainda perde para o arquirrival Up TSI.

Os preços se iniciam entre os das versões Like e Like On,  e as vendas começam ainda este mês. Infelizmente o motor 3 cilindros não será adotado em toda a linha, mas apenas nessa configuração específica. Mas a marca afirma que fez algumas melhorias que deixaram as versões 4 cilindros de 3 a 4% mais econômicas.