Fiat Punto estreia na linha 2017 mais equipado e sem versão T-Jet

0
4993

A Fiat passa a comercializar a linha 2017 do Punto. Sem modificações mecânicas, as principais novidades são a lista de equipamentos mais recheada em todas as versões e o fim das configurações Sporting e T-Jet. Os preços partem de R$ 51.650.

Versão de entrada da linha, a Attractive sai de fábrica apenas com o motor 1.4 de 85/88 cv e o câmbio manual de cinco marchas e passa a contar na linha 2017 com rádio CD com conexão bluetooth, volante multifuncional forrado em couro e vidros elétricos traseiros. Como opcional, o Punto Attractive pode ganhar o Kit Italia, com central multimídia Uconnect, retrovisores com ajuste elétrico, alarme, rodas de liga leve de 15 polegadas e faróis de neblina.


A versão intermediária Essence é oferecida com o motor 1.6 de 115/117 cv e pode receber a transmissão manual de cinco marchas (R$ 57.560) ou automatizada (R$ 61.690). As novidades são a central multimídia Uconnect e as rodas de liga leve de 16 polegadas, antes opcionais, que passam a vir de série.

Lançada inicialmente como série especial, a versão Blackmotion assume na linha 2017 o papel de topo de linha do Punto.  O motor 1.8 de 130/132 cv pode ser combinado ao câmbio manual de cinco marchas (R$ 63.620) ou automatizado (R$ 67.510).

Além da central multimídia e do volante multifuncional, outra novidade é a adoção de dois novos pacotes de opcionais, com alguns itens antes exclusivos das versões mais caras: o Kit Stile 3 (bancos com revestimento parcial em couro, banco traseiro bipartido com apoio de braço central e rodas de 17 polegadas) e o Kit Blackmotion (teto solar Skydome, ar-condicionado automático digital, retrovisor eletrocrômico, câmera de ré e sensor de chuva e crepuscular).

O fim do T-Jet

Concorrente de modelos como o Renault Sandero R.S. e o recém-lançado Peugeot 208 GT, a versão esportiva T-Jet, que era equipada com um motor 1.4 turbo de 152 cv, se despede sem alarde. De acordo com o fabricante, o fim desta configuração é justificado pela baixa procura.