Fiat Uno Sporting Dualogic, entre a aparência e a substância

O Uno Sporting por pouco não é só mais um “esportivado” – modelo de visual esportivo, mas sem mecânica diferente das versões “normais”. No design, como de costume, a Fiat mandou bem: saída de escape dupla centralizada, rodas aro 15, adesivos na carroceria, spoiler na tampa traseira… tudo é bonito e bem resolvido. Na mecânica, porém, se limita a adotar amortecedores mais duros e, no modelo manual, alterar relações de marchas.

Ainda não havíamos avaliado aqui, no entanto, esse Sporting com o câmbio automatizado Dualogic Plus – que, além de aprimorado, passou a ser controlado por botões, “como no 500 Abarth e outros esportivos europeus”, destaca a marca em seu site. Isso faz o consumidor imaginar que esse câmbio garantiria mais esportividade ao modelo, mas não é o que acontece. Bem, na verdade, depende de como se dirige.

Para se divertir nesse Uno, não basta escolher o modo Sport, quando as marchas são mais esticadas, mas os trancos continuam, e, em retomadas, as reduções são lentas. O negócio é optar pelo modo manual e assumir as trocas de vez, usando as borboletas no volante – e não deixe de aliviar o pé direito antes de pressioná-las. Dirigindo assim, a coisa até que fica mais divertida, mas não se elimina a limitação do motor 1.4 de meros 88 cv e 12,5 kgfm. Não dá para levar a sério um “esportivo” que leva 11 segundos para atingir 100 km/h.

No mais, a renovação deste ano melhorou bem o Uno: design e acabamento do painel estão mais agradáveis e a lista de itens de série é generosa, com ar- condicionado, câmera de ré, faróis de neblina, vidros elétricos dianteiros, etc (o rádio é opcional). De negativo, o espaço interno é limitado, a direção hidráulica não é muito direta nem leve e as suspensões, apesar das mudanças, ainda não são o que se espera de um esportivo.

Os preços do Uno Sporting Dualogic vão de R$ 46.185 a R$ 52.465. Seu maior problema hoje é o Vokswagen Up TSI, que, apesar de apenas ter câmbio manual, custa o mesmo – e se trata de um caso oposto: se o visual não empolga, o desempenho impressiona (e ainda gasta muito menos combustível). A decisão é sua: você se contenta com a aparência ou prefere a substância?

—–
Ficha técnica:

Fiat Uno Sporting 1.4 Dualogic

Motor: 4 cilindros em linha, 8V, variador de fase
Cilindrada: 1368 cm3
Combustível: flex
Potência: 85 cv a 5.750 rpm (g) e 88 cv a 5.750 rpm (e)
Torque: 12,4 kgfm a 3.500 (g) e 12,5 a 3.500 rpm (e)
Câmbio: automatizado, cinco marchas
Tração: dianteira
Direção: hidráulica
Dimensões: 3,811 m (c), 1,673 m (l), 1,487 m (a)
Entre-eixos: 2,376 m
Pneus: 185/60 R15
Porta-malas: 280 a 690 litros
Tanque: 48 litros
Peso: 1.023 kg
0-100 km/h: 11s3 (g) e 10s8 (e)
Velocidade máxima: 170 km/h (g) e 172 km/h (e)
Consumo cidade: 11,1 km/l (g)e 7,7 km/l (e)
Consumo estrada: 12,3 km/l (g) e 8,5 km/l (e)
Nota do Inmetro: B
Classificação na categoria: D (Subcompacto)

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar