Fora da lei virtual


Em games, vale tudo. Mas não tente repetir nas ruas o que você faz no novo Need for Speed Most Wanted. O game, que já existia para PC, ganhou agora uma versão especial para smartphones e tablets (Android/iOS), é mais um da franquia Need for Speed. Você compra carros, disputa diferentes tipos de corrida, ganha mais dinheiro, compra mais carros, mexe nos motores, nas suspensões… aquela coisa de sempre. A diferença aqui é que, no meio de tudo isso, policiais aparecem. Muitos deles. E o tempo inteiro, em carros tão rápidos quantos os seus e dispostos a tudo para prendê-lo, jogá-lo para fora da estrada, estourar seus pneus, destruir seu carro. Felizmente, com um pouco de treino e habilidade, você consegue despistá-los ou destruí-los.

Os gráficos são excelentes e há uma enorme coleção de esportivos – a maioria originais (incluindo alguns modelos clássicos como o Porsche 911 3.0) e outros em versões especiais para o game. Para completar todas as fases – ruas de diferentes regiões de uma metrópole – é preciso ir comprando modelos de todas as categorias. Há muscle cars, conceitos e até utilitários esportivos como o Hummer H2 e o Range Rover Evoque. Os controles podem ser feitos por um volante na tela, controlado com um dedo, mas o melhor é jogar inclinando o aparelho para os lados, como se fosse um volante. Em nosso Samsung Galaxy X com Android 4.2, o jogo fluiu bem, e os controles obedeceram com precisão. O game custa R$ 14,49 (US$ 6,99) e exige no mínimo Android 2.3.3 ou iOS 4.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorO prazer de dirigir
Próxima notíciaDe volta aos bons tempos