Ford Ka vai sair de linha na Europa por vendas fracas; e o Brasil, como fica?

Modelo tem sofrido com o baixo número de vendas e perdido mercado mês a mês para rivais europeus da Renault

Ford Ka vai deixar mercado europeu após mais de 20 anos de atuação (Foto: Divulgação/Newspress)

A Ford anunciou nesta segunda-feira (15) que o Ka vai deixar de ser vendido no Velho Continente. Há alguns meses o modelo tem sofrido com o baixo número de vendas na região e tem perdido na concorrência para os Renault Twingo e Sandero (por lá, vendido com a insígnia da Dacia, submarca romena da empresa francesa).

“A produção do Ka para a Europa acaba em setembro e o carro ficará disponível para nossos consumidores até o fim do estoque”, afirmou Finn Thomasen, gerente de comunicação de produto da Ford Europa, para o Carscoops.

Com o anúncio, o Fiesta, que deixará de ser produzido no Brasil, será o carro de entrada da marca na Europa. O Ka vendido na Europa é produzido na Índia, mas é mais equipado e tem mais equipamentos e itens de segurança que o modelo vendido e fabricado no Brasil.

No Brasil, ao contrário, o Ka vai bem nas vendas e disputa mês a mês o segundo lugar no pódio de carros mais vendidos do país ao lado do Hyundai HB20. Não há, portanto, nenhuma informação sobre alguma interrupção na produção ou nas vendas do modelo.

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga