Ford Ka vai sair de linha na Europa por vendas fracas; e o Brasil, como fica?

Modelo tem sofrido com o baixo número de vendas e perdido mercado mês a mês para rivais europeus da Renault

Ford Ka vai deixar mercado europeu após mais de 20 anos de atuação (Foto: Divulgação/Newspress)

A Ford anunciou nesta segunda-feira (15) que o Ka vai deixar de ser vendido no Velho Continente. Há alguns meses o modelo tem sofrido com o baixo número de vendas na região e tem perdido na concorrência para os Renault Twingo e Sandero (por lá, vendido com a insígnia da Dacia, submarca romena da empresa francesa).

“A produção do Ka para a Europa acaba em setembro e o carro ficará disponível para nossos consumidores até o fim do estoque”, afirmou Finn Thomasen, gerente de comunicação de produto da Ford Europa, para o Carscoops.

Com o anúncio, o Fiesta, que deixará de ser produzido no Brasil, será o carro de entrada da marca na Europa. O Ka vendido na Europa é produzido na Índia, mas é mais equipado e tem mais equipamentos e itens de segurança que o modelo vendido e fabricado no Brasil.

No Brasil, ao contrário, o Ka vai bem nas vendas e disputa mês a mês o segundo lugar no pódio de carros mais vendidos do país ao lado do Hyundai HB20. Não há, portanto, nenhuma informação sobre alguma interrupção na produção ou nas vendas do modelo.