Ford Ranger FX4 estreia posicionada acima da Storm por iniciais R$ 288.990

A Ford Ranger FX4 chega às concessionárias exibindo uma pegada aventureira e sob o capô emprega o motor 3.2 Duratorq de 200 cv e 47,9 kgfm

0
115
Ford Ranger FX4
Foto: Divulgação

Após o lançamento da Ford Maverick (confira a nossa avaliação), agora a marca do “oval azul” debutou a Ranger FX4 em nosso mercado. E a nova versão estreia posicionada acima da versão Storm.

Sem detalhes cromados ou acabamentos diamantados, os diferenciais estéticos da Ranger FX4 aparecem na grade do radiador exclusiva com acabamento em Black Piano – a mesma tonalidade também foi aplicada na porção inferior do para-choque frontal/traseiro e nas capas dos retrovisores. Outras particularidades estão nos faróis de LED com máscara negra, nos apliques plásticos nos para-lamas, no santantônio tubular, nas lanternas escurecidas, nos logotipos FX4 em vermelho e Ranger na tampa do compartimento de cargas.

As rodas de liga leve podem ser de 18″ calçadas por pneus Pirelli Scorpion ATR ou de 17″ com “borrachudos” Pirelli ATR Plus, os quais foram desenvolvido à época da configuração Storm. O snorkel foi redesenhado junto ao fornecedor, sendo oferecido opcionalmente. Outro item cobrado à parte são as caixas organizadoras e elas possuem uma capacidade de 42 litros.


A palheta de cores da Ford Ranger FX4 é formada pelas opções cinza Moscou, prata Geada, branco Ártico, preto Gales, vermelho Bari e vermelho Toscana.

+ Patente mostra que Ford trabalha em ‘Pet Mode’
+ Avaliação: Ford Ranger Black é pra quem não usa 4×4. Vale a pena?
+ Avaliação: Ford Ranger XLS 2.2 4×4 AT é opção “raiz” à Fiat Toro turbodiesel
+ Avaliação: Ford Mustang Mach 1 é o melhor esportivo para comprar hoje

Interior e motorização

O habitáculo da Ford Ranger FX4 (a sigla significa a junção de Ford com 4×4) exibe os detalhes em preto brilhante no aplique do volante, nas maçanetas internas e à direita do painel. Os bancos (o do motorista ajustável eletricamente) são revestidos em couro com as costuras em vermelho e os encostos frontais ostentam a inscrição FX4 em baixo relevo. Já o multimídia é o SYNC 3 dotado de conectividade Android Auto/Apple CarPlay.

Sob o capô, o motor de cinco cilindros 3.2 Duratorq associado ao câmbio automático de seis marchas oferece 200 cv a 3.000 rpm de potência e 47,9 kgfm entre 1.750–2.500 rpm de torque. Aliás, para se adequar ao Proconve L7, o utilitário médio da Ford recebeu o tratamento com o reagente líquido Arla 32 para diminuir as emissões. Isso trouxe uma nova calibração ao propulsor, porém, sem alterar os números de desempenho.

A Ford Ranger FX4 chega às concessionárias por R$ 288.990 (equipada com rodas de 18″) ou R$ 290.990 (rodas de 17″ e pneus Pirelli ATR Plus). Ou seja, trata-se do mesmo valor da configuração Ford Ranger XLT e o lançamento estreia na faixa de preços das rivais Toyota Hiux SRV (R$ 285.780) e Chevrolet S10 LTZ (R$ 283.030).

MAIS NA MOTOR SHOW: