Ford Territory muda antes da chegada ao Brasil

O Ford Territory chegará ao nosso mercado no segundo semestre deste ano. Entretanto, antes da sua estreia no Brasil, ele já recebeu um facelift na China


No ano passado, flagramos o Ford Territory em testes pelas ruas do bairro da Pompéia, na zona oeste de São Paulo. O SUV chegará ao nosso mercado no segundo semestre deste ano para bater de frente com o Jeep Compass. Entretanto, antes da sua estreia por aqui, o SUV já debutou um facelift no mercado chinês.

O nome do utilitário esportivo mudou para Territory S e junto vieram novidades estéticas. Elas se concentram na dianteira, com nova grade do radiador, faróis de LEDs exibindo máscara negra, luzes de neblina redesenhadas, além dos elementos cromados ou na cor da carroceria, agora pintados em preto brilhante.

Atrás, os destaques aparecem nas lanternas, enquanto as rodas também são novas. Por dentro, a cabine recebeu acabamentos revistos e uma nova central multimídia. Já em segurança, o SUV passou a oferecer a Frenagem Autônoma de Emergência (AEB).

Sob o capô, o SUV da montadora Ford manteve o motor 1.5 turbinado com injeção direta, desenvolvido pela Mitsubishi, com 140 cv de potência e 22,9 kgfm de torque. A transmissão é continuamente variável (CVT) e a tração dianteira. A configuração mais cara do Territory S é oferecida na variante híbrida-leve, com sistema elétrico de 48V.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel