Fórmula 1 na palma da mão


Criticado nas edições anteriores por ser caro e um tanto limitado, o Official F1 App, aplicativo oficial da Fórmula 1, ganhou um belo upgrade. Nesta temporada 2014, tem novas funções que o tornam praticamente essencial para os fãs acompanharem as provas quando estão longe da tevê – ou mesmo na frente dela. Disponível para iPhone, iPad e smartphones e tablets com sistema Android, o app agora é totalmente gratuito – mas pelo Premium Season
Pass é preciso pagar £ 7,50 (algo em torno de R$ 30). Vale a pena, pois esse “ingresso” é justamente o que libera os recursos mais interessantes. Sem pagar a taxa, você já tem acesso a muita coisa: calendário, dados detalhados sobre pilotos, carros e equipes, além da classificação da corrida, dos mapas dos circuitos e dos comentários em texto sobre o que acontece a cada volta (sempre em inglês). Mas é com o Premium Season Pass que os recursos mais fascinantes são disponibilizados. Além de adicionar toda a evolução da cronometragem, informações detalhadas sobre trocas de pneus, condições da pista e comentários em áudio, é possível acompanhar as conversas dos rádios das equipes e “assistir” à corrida em um belíssimo mapa interativo (imagens no alto da página). Essa função mostra em tempo real a posição e a velocidade de cada carro (você escolhe quem quer acompanhar), dados sobre temperatura de pneus, marcha engatada e uso do DRS – e, o mais interessante, uma análise completa das curvas, mostrando marcha engatada, rotação do motor e velocidades em tomadas, ápices e saídas de curvas. Imperdível!

 

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel