Fugindo das multas

Embora dispositivos como as lombadas eletrônicas sejam bem sinalizados, servindo como instrumentos educativos – como determina o Código de Trânsito –, outros recursos são usados pela “indústria da multa”. Câmeras fotográficas em radares e semáforos, muitas vezes escondidos, surpreendem os infratores. O pior é que esses equipamentos costumam ficar em trechos onde há uma redução súbita do limite de velocidade ou outro tipo de “pegadinha”. O aplicativo Radardroid é uma das opções para evitar multas desse tipo. Há uma versão gratuita (Lite) para testes, e, caso o app agrade, a versão Pro, mais completa, sai por R$ 24,99. Usando o GPS, o Radardroid informa a velocidade real do carro, o limite da via e alerta sobre a aproximação de radares fixos ou pontos habituais dos móveis, além dos que flagram passagem em sinal vermelho e outras infrações. Você pode usar o app com sua própria interface – que exibe radares no mapa e um velocímetro grande, mas usa mais do seu plano de dados – ou integrado ao Google Navigation, com alertas e velocímetro integrados à tela padrão. Há ainda a opção de deixá-lo sem imagem, mantendo os alertas sonoros mesmo sem conexão à internet, e uma interessante e precisa bússola/altímetro. Mas não se esqueça de atualizar o banco de dados de radares sempre que lembrar. O maparadar.com é gratuito e bastante completo: no Brasil, tem registrados quase 14 mil radares.

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar