Gasolina cara? BMW iX5 a hidrogênio está em testes no círculo ártico

Carro conta com dois tanques de hidrogênio que podem ser reabastecidos em apenas 4 minutos.

0
6
hidrogênio
Foto: Divulgação

O círculo polar ártico em Arjeplog, Suécia, é palco de diversos testes dinâmicos extremos da BMW. Desta vez, quem está por lá é o iX5 Hydrogen, movido a hidrogênio. Cada vez mais próximo de ser lançado, o modelo é equipado com a quinta geração do sistema BMW eDrive.

Tem potência de 374cv (275kW) e gera apenas vapor de água, nada de poluentes. O hidrogênio é armazenado em dois tanques de fibra de carbono (CFRP), que juntos comportam quase seis quilos do gás e levam no máximo quatro minutos para serem cheios por completo.


+ Gasolina: confira 6 mitos e verdades sobre economia de combustível
+ Veja 5 carros fora de linha recordistas em economia
+ Toyota e Hyundai interrompem venda de carros a hidrogênio na Noruega
+ Van a hidrogênio: protótipo Renault Master H2-Tech é revelado

Dessa forma, percorrer longas distâncias com apenas pequenas paradas no percurso é perfeitamente possível e natural. A neve forte e os pisos recobertos de gelo de Arjeplog trazem desafios para o acerto de sistemas eletrônicos de controle, tração integral, suspensão e direção, sem falar na resistência dos componentes de motor e bateria em ambientes de baixíssima temperatura.

Com os aumentos constantes no preço dos combustíveis disponíveis nos postos, a busca por alternativas vai se consolidando como principal investimento das marcas.

MAIS NA MOTORSHOW:

+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Mercedes de Hitler é pivô de grande polêmica
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ CNH vencida: veja o grupo que precisa renovar o documento em janeiro
+ Avaliação: Honda City 2022 quer ser novo Civic, mas não é
+ IPVA SP: vencimento da 2ª parcela com desconto começa na próxima semana; veja quando
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Avaliação: Honda CR-V agrada aos fãs, mas vale a pena?
+ Avaliação: Renault Duster e o motor 1.3 turbo que muda tudo
+ Cargueiro que levava carros de luxo afundou na costa de Portugal
+ Comparativo de SUVs: Jeep Compass vs. VW Taos e Toyota Corolla Cross