Governo Bolsonaro planeja implementar “drogômetros” para testar motoristas

Implementação do equipamento deve acontecer em até 12 meses e, em 2020, já devemos ter "drogômetros" nas blitze espalhadas pelo país

0
36
Foto: Divulgação

O Governo do presidente Jair Bolsonaro, por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, de acordo com portaria publicada no último dia 12, afirmou que criou um grupo de estudos técnicos “visando à implementação e utilização de tecnologias” para detecção da presença de substâncias tóxicas em motoristas.

Segundo a publicação do começo deste mês, aparelhos específicos serão capazes de verificar até oito tipos de entorpecentes, por meio de amostra de saliva, e indicar a presença de drogas no organismo. Esses aparelhos já foram chamados de “drogômetros”.


Portanto, já a partir de 2020, espera-se que além do bafômetro, as blitze de trânsito também testem se o motorista consumiu maconha, cocaína, anfetaminas e metanfetaminas. De acordo com o ministério, o grupo tem 12 meses para concluir os trabalhos e “elaborar passos de implantação do dispositivo no território nacional”.

Esse tipo de fiscalização não é inédita e já acontece em outros países, como Estados Unidos, França e Itália, por exemplo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here