Grupo PSA se une à chinesa ChangAn para desenvolver picape média

Utilitário inédito será vendido inicialmente na China e depois exportado para outros mercados em que a PSA já atua

A Peugeot já vende na África a picape Auto Rich New, produzida pela Zhengzhou Nissan Auto (Foto: Divulgação)

O Grupo PSA (que reúne as marcas Peugeot, Citroën, DS, Vauxhall e Opel) e a montadora chinesa ChangAn (que chegou a vender no Brasil comerciais leves com a marca Chana), anunciaram uma parceria para o desenvolvimento de uma nova picape média, com capacidade para uma tonelada de carga, prevista para chegar ao mercado até 2020.

Segundo a PSA, a picape média inédita será projetada dentro das regulamentações mundiais do Grupo, já que além do mercado chinês, o modelo deverá ser exportado para outros países em que os franceses já atuam. O utilitário faz parte do plano Push to Pass em termos de veículos utilitários leves, que prevê triplicar os volumes internacionais de venda da PSA até 2021.

Atualmente, a Peugeot já tem uma parceria com a também chinesa Zhengzhou Nissan Auto e vende, em alguns mercados africanos, a picape “Auto Rich New” (baseada na Nissan Frontier dos anos 1990) com o logotipo do leão.