Guerra em Stuttgart

0
113

A velocidade corre nas veias dos moradores de Stuttgart, no sul da Alemanha, quartel general não apenas da Porsche, mas também da AMG, divisão de esportivos da Mercedes-Benz. De lá, saem alguns dos mais incríveis esportivos do planeta, como o icônico Porsche 911, que acaba de fazer 50 anos – e foi, de certa forma, poupado pela rival nessas décadas. Agora, porém, a trégua está para acabar. Stuttgart verá uma guerra civil: um novo superesportivo, o aguardado “baby-SLS”, nasce no ano que vem (e chega às lojas em 2015 por menos de € 100.000). Deve se chamar AMG GT.

O poder de fogo do AMG GT se resume em alguns dados. Vamos lá. Portas tradicionais (e não asa-de-gaivota como na irmã maior) para conter custos e reduzir o centro de gravidade. Motor 4.0 V8 biturbo com versões de 400, 500 e 570 cv – essa última na série especial Black Series, para brigar com o 911 topo de linha, o Turbo S. Tração traseira, câmbio traseiro transeixo de dupla embreagem e sete marchas (o mesmo da SLS). Quatro metros e meio de comprimento, 2,63 de entre-eixos, carroceria de alumínio, 1.500 quilos. Máxima acima de 300 km/h, 0-100 km/h em nada menos que 3,9 segundos. Uma bela declaração de guerra.


SHARE
Artigo anteriorA Grande Estrela
Próximo artigoCupês furiosos