Guinness dá título a pilota morta ao tentar recorde

0
52
Guinness reconheceu recorde da pilota Jessie Combs, morta em 2019
Guinness reconheceu recorde da pilota Jessie Combs, morta em 2019

O Livro Guinness concedeu na semana passada o título de mulher mais rápida do mundo a Jessie Combs, pilota americana morta em tentava superar o recorde de velocidade em velocidade terrestre.

+ Mercedes GT de R$ 1 mi se parte ao meio em acidente fatal
+ Trio aproveita estradas vazias e bate recorde da Cannonball Run

Combs estava a bordo de um carro a jato e tentava superar sua melhor marca, de 641 km/h, registrada em 2013. O Guinness reconheceu que a pilota conseguiu bater o recorde atingir a velocidade de 841,338 km/h exatamente na tentativa que resultou em sua morte em 2019. Com o registro, Combs, portumamente, superou o feito de Kitty O’Neil, que marcou 825,1 km/h estabelecido em 2016.

Jessie Combs era presença comum na televisão americana. No Brasil ela era mais conhecida por ter papresentado programas como Overhaulin’ de Chip Foose e Mythbusters com Jamie Hyneman e Adam Savage.

No Instagram, seu parceiro Terry Madden falou sobre a mistura de sentimentos que viveu com o reconhecimento póstumo do feito de Combs. “Eu realmente não sei como me sentir em relação a isso, uma vez que recorde nenhum pode valer mais a pena do que te-la por aqui, mas esse era o objetivo dela e era o que ela queria, por mais difícil que seja olhar para o carro sem chorar. Eu estou orgulhose dela.”

Instagram will load in the frontend.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel