Harley-Davidson cria marca LiveWire para produzir motos elétricas urbanas

A LiveWire irá apresentar o seu 1º modelo no dia 8 de julho

0
246
Harley-Davidson cria nova marca só para motos elétricas urbanas
Primeira moto da LiveWire será mostrada em julho

A Harley-Davidson anunciou a criação da LiveWire, nome atualmente usado na moto elétrica produzida pela empresa (saiba mais a seguir) e que, a partir de agora, passa a ser uma divisão do fabricante americano destinado à fabricação de motocicletas urbanas movidas a bateria.

+ Harley-Davidson Electra Glide Revival inaugura linha Icons Collection
+ BMW Motorrad oferece condições especiais para os modelos G 310 R e F 850 GS
+ Voltz cria versão para delivery da moto elétrica EVS
+ Nova Suzuki GSX-S1000 2021 é revelada no exterior. E no Brasil?


“Ao lançar a LiveWire como uma marca de motos elétricas, nós estamos agarrando a oportunidade de liderar e definir o mercado em veículos elétricos. Com a missão de nos tornarmos o fabricante das motos elétricas mais desejadas do mundo, a LiveWire irá liderar o futuro das motocicletas”, destacou em nota o presidente e CEO da Harley-Davidson, Jochen Zeitz.

A LiveWire irá apresentar o seu 1º modelo no dia 8 de julho, nos Estados Unidos. Inicialmente, as motos da empresa serão oferecidas nas concessionárias da Harley-Davidson, migrando futuramente para um modelo de lojas próprias. Já a sede da nova empresa de motos elétricas será virtual, com hubs no Vale do Silício (Califórnia) e na cidade de Milwaukee (Wisconsin), tradicional cidade-sede da H-D.

Harley-Davidson LiveWire
Harley-Davidson LiveWire

Revelada em 2019, a moto elétrica Harley-Davidson LiveWire traz um propulsor com 106 cv e acelera de 0-100 km/h em pouco mais de três segundos. Com um pacote de bateria de 15,5 kWh, consegue rodar até 235 km em um percurso urbano.

Mais na Motor Show

+ Land Rover abre oficina de restauração de clássicos no Brasil
+ Teste Rápido: 100% elétrico, Renault Zoe está mais rápido e bonito
+ Confira 5 opções de SUVs usados “raiz” por até R$ 80 mil
+ Fábrica da Volkswagen em São Carlos (SP) atinge marca histórica
+ Estados atrasam adesão ao SNE e motoristas perdem desconto em multas
+ Youtuber legaliza carro elétrico infantil para rodar em vias públicas; confira o vídeo