Honda apresenta a 5ª geração do City, que ganhou versão hatchback

Os modelos significam uma nova fase da Honda no Brasil e serão montados no país

0
34
Foto: Divulgação

A Honda apresentou a quinta geração do City, que ganhou também uma opção hatchback para substituir o Fit. Segundo a montadora, os modelos significam uma nova fase da Honda no Brasil e serão montados no país.

Visual

O sedã ficou maior na comparação com o atual e está 5,3 cm mais largo e 9,4 cm mais comprido. A altura, por sua vez, está 0,8 cm menor. Ao todo o novo City tem 4,549 m. O porta-malas conta com volume de 519 litros.


O sedã está 4,3 kg mais leve do que a geração anterior e tem maior rigidez torcional, atingindo até 20,4% na parte frontal. Já o hatchback tem o índice de rigidez frontal 6% maior do que no sedã.

Em ambos os modelos, na versão Touring, os faróis são full LED, com luzes indicadoras de direção, fachos baixo e alto, DRL e faróis de neblina em LED. As demais versões contam com DRL de LED e bloco óptico principal com projetor. As lanternas são as mesmas em todas as versões, com LED nas luzes de posição e de freio.

As rodas são sempre de liga leve, com aro de 16 polegadas. Elas mesclam acabamento frontal diamantado e pintura na cor preta.

+ Do asfalto para o espaço: Honda desenvolve foguete
+ Honda Civic deixará de ser produzido no Brasil em novembro
+ Avaliação: compre o Honda City antes que ele mude

Interior

A partir da versão EXL, estão disponíveis sensores de estacionamento traseiros, bancos revestidos em couro, painel digital TFT de 7 polegadas multiconfigurável, ar-condicionado digital e automático e função de travamento das portas por aproximação da chave. A central multimídia touchscreen é de 8 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay sem-fio e câmera de ré multivisão. A versão Touring conta ainda com sensores de estacionamento dianteiros e espelho retrovisor fotocrômico.

Motor

Para a quinta geração do City há um novo motor em alumínio quatro-cilindros aspirado, o 1.5 litro 16V DI DOHC i-VTEC, com injeção direta de combustível e dois comandos de válvulas no cabeçote. Ele desenvolve 126 cv de potência a 6.200 rpm, tanto com etanol como com gasolina, e 15,5 kgfm de torque, associado ao câmbio CVT, que recebeu mudanças e segue com simulação de sete marchas por meio de paddle shifts no volante.

O City sedã tem consumo na cidade de 9,2/13,1 km/l (etanol/gasolina) e, na estrada, de 10,5/15,2 km/l.

Segurança

Esse será o primeiro modelo no Brasil a contar com o chamado Honda Sensing, pacote de tecnologias de segurança e assistência ao motorista da marca.

As tecnologias incluem: ACC – Controle de cruzeiro adaptativo, CMBS – Sistema de frenagem para mitigação de colisão, LKAS – Sistema de assistência de permanência em faixa, RDM – Sistema para mitigação de evasão de pista e AHB – Ajuste automático de farol.

Cores

O City sedã terá seis opções de cores: Branco Tafetá (pintura sólida); Azul Cósmico, Prata Platinum e Cinza Barium (metálicas); e Branco Topázio e Preto Cristal (perolizadas). Exclusivamente na versão Touring, nas cores Branco Topázio, Cinza Barium e Azul Cósmico, o interior será de couro claro. Para as demais cores, o couro será preto.

Na opção hatchback há oito cores. Em relação ao sedã difere apenas pela oferta de mais duas cores perolizadas: Vermelho Mercúrio e a inédita Cinza Grafeno. Para todas as cores, o interior será preto. 

Preço e versões

As vendas do City sedã iniciarão em janeiro, mas a pré-venda começará em 23 de novembro, às 17h30, durante o lançamento virtual do modelo para o público, que será realizado pelo canal da Honda Automóveis no YouTube.

Já as vendas do hatchback começarão em março. Os preços serão divulgados apenas em janeiro, quando se iniciará a etapa de pré-venda do modelo.

Veja os preços abaixo do sedã:

– EX: R$ 108.300,00

– EXL: R$ 114.700,00

– Touring: R$ 123.100,00

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Cinco dias, 126 km e só dois litros de gasolina: Volvo S60 Recharge mostra que híbrido plug-in é o carro ideal
+ Carro voador do Senna: empresas desenvolvem conceito
+ IPVA zero para motos até 150 cc é aprovado em Comissão
+ Elétricos podem gerar 70% mais emissões que modelos a combustão; entenda
+ Honda lança CB Twister 2022; confira os preços
+ Motorista sem limites: PRF apreende moto com 150 multas
+ Leilão oferece de Caravan Comodoro (1985) a Classe E (1992)
+ Conversão de carros para gás (GNV) aumenta 102% em SP; veja o passo a passo
+ Polo, Virtus, Nivus e T‑Cross ganham mais equipamentos; veja