Honda confirma morte de brasileiro que ignorou recall de airbag

Honda confirmou a morte de motorista por falha no airbag; carro foi convocado para recall em 2015
Honda confirmou a morte de motorista por falha no airbag; carro foi convocado para recall em 2015

Um comunicado emitido pela Honda no último fim de semana confirmou o que seria a primeira morte causada por um defeito no airbag fabricado pela japonesa Takata, e que equipa carros da montadora. De acordo com o comunicado, o veículo em questão, um New Civic LXS 2008, foi convocado para o recall em 2015 para troca do insuflador do airbag do lado do motorista. O carro não foi levado a uma concessionária para o reparo.

+ Toyota faz recall por problemas em cintos do Camry
+ Motorista que destruiu Porsche responderá por embriaguez
+ Honda cria novo modelo de airbag frontal

“A Honda tomou conhecimento de um acidente no Rio de Janeiro, envolvendo o veículo New Civic LXS 2008, que resultou na morte do motorista”, informa o comunicado. De acordo com a montadora, a perícia determinou que houve a ruptura anormal do insuflador do airbag, causando ferimentos que levaram à morte do motorista. Esta é a primeira ocorrência fatal provocada por ruptura do insuflador de airbag.

No comunicado, a montadora reitera a importância de se atender aos recalls. “A Honda Automóveis do Brasil tem desenvolvido, desde 2010, uma série de iniciativas pioneiras para alertar e sensibilizar seus clientes sobre a importância e a urgência de atender aos recalls de airbags Takata instalados em seus veículos.”