Honda convoca proprietários do sedã de luxo Accord

A Honda iniciará uma campanha de recall para o Accord. Ao todo, estão envolvidas 251 unidades do sedã fabricadas entre os anos de 2018 e 2020

Honda Accord
Foto: Divulgação (Caio Mattos)

A Honda Automóveis do Brasil iniciará uma campanha de recall para o sedã Accord. A partir de 4 de janeiro de 2021, os proprietários devem comparecer às concessionárias para realizar uma atualização do módulo de controle da carroceria (BCM, em inglês Body Control Module).

De acordo com o fabricante, ao todo estão envolvidas 251 unidades do sedã (preço inicial de R$ 227.900). Elas podem apresentar uma falha, que ocasiona problemas de funcionamento dos indicadores do quadro de instrumentos (luz de farol alto/de direção), o travamento das portas pelo controle remoto, os lavadores/limpadores do para-brisas e a câmera de ré.

+ Concurso público: PRF deve abrir 1,5 mil vagas em janeiro
+ Governo altera isenção de ICMS em compra de carro PCD
+ Lei proíbe trocar lâmpada do farol do carro; o que muda
+ Estes são os melhores e piores seminovos para comprar e vender

O serviço de atualização do módulo de controle da carroceria do Honda Accord  é gratuito e o agendamento feito por meio do site www.honda.com.br/recall ou pela Central de Atendimento no telefone 0800-701-34-32 (segunda a sexta-feira, das 08h às 20h e sábado, das 09 às 14h).

Confira os números de chassis envolvidos:

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel