Honda mostra detalhes de seu novo SUV elétrico feito com a GM

O lançamento do modelo está previsto para 2024

0
3
Foto: Divulgação

A Honda dos Estados Unidos revelou o primeiro esboço de seu novo SUV elétrico, denominado de Prologue. O lançamento do modelo está previsto para 2024.

Com o seu visual “parrudo” e “limpo”, o Prologue foi concebido no Honda Design Studio em Los Angeles, em colaboração com uma equipe de design da Honda no Japão.

Vale destacar que que o SUV foi desenvolvido em uma parceria com a GM.


+ Leilão de motos tem Kawasaki e Honda; lances partem de R$ 3,8 mil
+ Honda inicia montagem do conjunto de transmissão em Santa Catarina
+ Avaliação: Honda HR-V híbrido encararia até Toyota Corolla Cross, mas Honda erra na estratégia

Objetivos da Honda

Rumo ao seu objetivo global de atingir a neutralidade de carbono até 2050, a Honda irá introduzir 30 novos elétricos a nível mundial até 2030, com um volume de 2 milhões de unidades.

Veja abaixo os próximos passos da marca na América do Norte:

-2024: Início das vendas do Honda Prologue, co-desenvolvido com a GM;
-2026: Iniciar a produção e venda de modelos Honda com base no novo Honda e:Architecture;
-2027: Início da produção e venda de uma nova série de EVs econômicos, baseada numa nova arquitetura de veículos co-desenvolvida com a GM.

Com isso, a Honda planeja vender cerca de 500.000 EVs na América do Norte até 2030.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Preço da gasolina aumenta em maio e bate novo recorde, diz ANP
+ Caminhoneiro desabafa: ‘vai parar’, ‘quase R$ 6 mil para encher o tanque’
+ Voltz lança triciclo elétrico voltado a entregas; conheça o Miles
+ Shineray prepara bike elétrica para concorrer com a Mobylette
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Revelado: BMW Série 3 ganha novo visual e tela curva no interior
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Fiscalização com radar móvel nas rodovias cai pela metade
+ Exposição de Maverick ocorre na Mooca, em São Paulo
+ VW Gol 42 anos: veja a história e quantos estão circulando em SP