Honda NSX Type R à venda é uma ode ao desempenho

Umas das 483 unidades do Honda NSX Type R (ou NSX-R) apareceu à venda nos Estados Unidos. A configuração rara possui modificações em prol do desempenho

Honda NSX Type R
Foto: Speedart Motorsports

O Honda NSX Type R (ou NSX-R) foi uma variante focada no desempenho e apresentada ao mercado japonês no ano de 1992. O ponto de partida foi a redução de peso, com a retirada de todos os componentes ‘desnecessários’.

Entre eles, o sistema de áudio, o ar-condicionado, o sistema de direção assistida, o isolamento de ruídos, além da adoção de vidro traseiro mais fino e leves rodas do fabricante  Enkei. Os assentos da renomada Recaro são de carbono e de Kevlar.

Ao todo, foram eliminados 120 kg, que possibilitou ao Honda NSX Type R o peso de 1.230 kg. Outras modificações também aparecem nas suspensões dotadas de molas mais firmes e amortecedores da Showa, na transmissão, enquanto o visual exibe nova entrada de ar e logotipos alusivos à configuração.

Uma das 483 unidades produzidas até 1995 apareceu à venda na Speedart Motorsports, localizada em Miami, nos Estados Unidos. O exemplar com número de chassis 1100044 e carroceria na tonalidade ‘Formula Red’ foi construído em 1992 e o primeiro dono o manteve de 1993 até 2000.

Ao longo dos anos, o Honda NSX Type R teve outros donos, porém, em 2016, ele foi novamente comprado e transferido para a Malásia. Somente em 2018, o modelo viajou para o Reino Unido. E, agora ‘repousa’ em terras norte-americanas em busca de um novo lar.

+ Lamborghini é guinchado por ocupar vaga de elétrico
+ Ford lança novo Bronco; veja preço, versões e fotos
+ Ford Bronco: veja todos os modelos de 1966 a 2020
+ O VW Fox não morreu (e por R$ 54 mil é uma ótima compra)

O preço é de US$ 285.000 (algo próximo de R$ 1.520.617, em conversão direta) e pelas fotos é possível reparar no estado de conservação exemplar, enquanto o hodômetro informa só 49.616 km percorridos.

Sob o capô do NSX Type R  está o motor V6 3.0 24V DOHC associado ao câmbio manual de cinco marchas para oferecer 280 cv a 7.100 rpm e 29 kgfm a 6.500 rpm. O zero a 100 km/h ocorre em 4,9 segundos e a velocidade máxima é de 262 km/h.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar