Hyundai Elantra se renova para brigar com Civic, Cruze e cia.

 

A linha 2017 do sedã médio coreano estreou no mercado brasileiro com a dianteira remodelada, um pouco mais comportada, e novas lanternas e para-choque na traseira. Com preços sugeridos que partem de R$ 84.990, o Elantra está disponível em três versões, todas elas equipadas com o mesmo motor 2.0 flex com 157/167 cv de potência (eram até 178) e o câmbio automático tradicional de seis marchas.

Desde a configuração de entrada, o modelo já é bastante completo, com equipamentos de série como retrovisores externos aquecidos, ar-condicionado automático, piloto automático e sistema de som com comandos no volante.

A configuração seguinte é a Special Edition (R$ 103.990), que adiciona airbags laterais e de cortina, sistema de partida por chave presencial, abertura do porta-malas por aproximação, bancos em couro com suporte lombar e ajustes elétricos para o motorista, sistema multimídia com tela de sete polegadas, navegador GPS e câmera de ré, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, sensor de chuva, volante e manopla de câmbio revestidos em couro e luzes diurnas de LED.

A versão de topo é a Top (R$ 114.990), que além dos itens anteriores oferece ainda o detector de pontos cegos, controle eletrônico de estabilidade, faróis de xenônio com assistente de luz alta, teto solar elétrico, painel de instrumentos com tela de 4,2 polegadas, airbag para os joelhos do motorista, seletor de modos de condução e espelhos rebatíveis eletricamente.