IMIGRANTE LEGAL


Este New Fiesta é um carro que colocaria na minha garagem – mas não agora. Com fabricação no Brasil con rmada para o ano que vem, esperaria para ver se seu preço baixa. Agora, parte de R$ 48.950 na versão básica, chegando a R$ 54.950 na mais cara, que você vê nas fotos. Eu caria com a intermediária, já bastante equipada, com itens como som Sync com bluetooth e reconhecimento de voz, airbag duplo, ABS e controles de tração e estabilidade. Mas não gostaria de pagar os R$ 51.950 pedidos pelo modelo hoje. Será que o modelo nacional chegará mais barato? Eu acho que preferiria esperar para ver.

O belíssimo interior honra as linhas agressivas da carroceria, mas o excesso de plástico desagrada em um carro dessa faixa de preço. O espaço traseiro é um dos maiores problemas do carro para quem pretende carregar a família

Analisando o mercado, porém, tampouco compraria algum de seus rivais. VW Polo e Fiat Punto têm versões 1.6 mais baratas, por cerca de R$ 44 mil. O primeiro tem acabamento superior, mas precisa urgentemente de uma nova geração; o segundo tem uma reestilização marcada para este ano. Ambos, pelo preço do New Fiesta, têm opções automatizadas. Há ainda outras opções, como o Citroën C3, também bastante desatualizado, e o Chevrolet Agile, com motor mais fraco.

Adorei o design, confesso, mas não sou do tipo que liga só para a aparência. O New Fiesta me conquistou depois da primeira viagem de 100 quilômetros. Ele tem, também, beleza interior: as linhas fortes do painel honram o design externo – e até fazem passar despercebido o exagero no uso de plásticos, a certa falta de refinamento nos detalhes e o espaço traseiro limitado.

New Fiesta Hatch

MOTOR quatro cilindros em linha, 1,6 litro, 16V TRANSMISSÃO manual, cinco marchas, tração dianteira DIMENSÕES 4,06 m – larg.: 1,82 m – alt.: 1,45 m ENTRE-EIXOS 2,489 m PORTA-MALAS 290 litros PNEUS 185/60 R15 PESO 1.145 kg • GASOLINA POTÊNCIA 110 cv a 6.250 rpm TORQUE 15,8 kgfm a 4.250 rpm VEL. MÁXIMA 190 km/h 0 – 100 KM/H 12,1 segundos CONSUMO não disponível CONSUMO REAL cidade: 11 km/l – estrada: 13,9 km/l • ETANOL POTÊNCIA 115 cv a 5.500 rpm TORQUE 16,2 kgfm a 4.250 rpm VEL. MÁXIMA 190 km/h 0 – 100 KM/H 11,7 segundos CONSUMO não disponível CONSUMO REAL cidade: 7,5 km/l – estrada: 9,3 km/

O motor 1.6 surpreende – parece entregar até mais do que mostram os números da ficha técnica. Além disso, emite pouco ruído e é bastante econômico, seja com etanol, seja com gasolina. Com esse último combustível, a 120 km/h constantes, fez marcas entre 15 e 16 km/l.

Apesar de não ter uma versão esportiva, bem que poderia: seu câmbio tem engates curtos e precisos e as suspensões permitem abusos nas curvas – foi até difícil fazer o sistema de controle de estabilidade atuar. Apenas o volante, com assistência elétrica, poderia ter mais peso na estrada (na cidade, é adequado). Concluo que esse New Fiesta mexicano é um imigrante legal, mas prefiro esperar que obtenha sua de nitiva cidadania brasileira antes de fechar negócio. Quem sabe o preço diminui…

CONTRA

PONTO

● Parece que o Flavio gostou bastante do Ford New Fiesta com carroceria hatchback. No meu caso, pre ro desembolsar pouquíssimo a mais e sair da concessionária de Focus. Não me agrada o uso exagerado de plástico no acabamento em um carro de R$ 52 mil! Além disso, notei que parte do barulho de rolagem dos pneus e da suspensão invade a cabine. Outros pontos que pesam contra o modelo são a frente baixa, que insiste em raspar nas valetas, e o tamanho dos retrovisores externos. Por outro lado, concordo com o meu colega em relação ao desempenho do motor. Esse 1.6 16V mostra vigor mesmo abaixo das 2.000 rpm e o câmbio manual tem os engates leves e precisos. Também gostei da direção elétrica e do bom raio de giro do Ford, que facilita (muito) as manobras de estacionamento. Como sou solteiro e, na maioria das vezes, dirijo sozinho, pouco me preocupei com o espaço traseiro. En m, o seu atraente visual irá sacudir a concorrência. Mesmo assim, opto pelo Focus básico, que custa R$ 54 mil.

Rafael Poci Déa | Repórter

OS CONCORRENTES

Fiat Punto

“Mais barato, o Punto oferece um motor também e ciente. Mas acho arriscado comprá-lo porque a reestilizacão está próxima”

Douglas Mendonça

VW Polo

“Eu gosto muito do motor, da dirigibilidade, dos engates. O carro acabou de ser remodelado, mas precisa de uma nova geração”

Ana Flávia Furlan

Honda Fit

“O Fit é bem espaçoso e mais econômico, mas a tocada do motor 1.5 é inferior à do Sigma 1.6. E o design é mais conservador”

Roberto Assunção

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorMercado
Próxima notíciaContato