Integrante da McLaren contrai coronavírus e equipe deixa GP

McLaren confirmou retirada do GP da Austrália por caso de coronavírus na equipe
McLaren confirmou retirada do GP da Austrália por caso de coronavírus na equipe

O coronavírus fez a McLaren decidir se retirar do GP da Austrália de Fórmula 1. A decisão veio depois que um dos integrantes da equipe foi diagnosticado com a doença. A informação foi publicada no site oficial da categoria. A temporada 2020 da Fórmula 1 começa neste fim de semana com a disputa pelos primeiros pontos no domingo.


+ Hamilton: é chocante manterem GP da Austrália
+ Salão de Genebra é cancelado por medo do coronavírus
+ Fórmula 1: Lewis Hamilton é tudo isso mesmo? Veja galeria com 44 fotos incríveis

“A McLaren Racing confirma esta noite em Melbourne que vai se retirar da disputa do GP da Austrália depois que um de seus integrantes testou positivamente para o coronavírus. O integrante da equipe está sendo tratado por autoridades médicas locais”, disse a equipe em comunicado.

Hamilton chocado
O piloto britânico e hexacampeão Lewis Hamilton, da Mercedes, também se manifesto. Ele se diz chocado que a FIA tenha dado continuidade ao GP da Austrália mesmo com o agravamento da pandemia de coronavírus. A declaração foi dada ao site MotorSport.com, especializado em automobilismo.

“Estou muito, muito surpreso por estar aqui”, disse Hamilton, quando perguntado estava confortável por estar no GP da Austrália. “Acho ótimo que temos corridas, mas estou chocado que estamos todos aqui sentados nessa sala”.

Os primeiros efeitos da pandemina na categoria se dertam no início do ano quando a FIA adiou o GP da China que aconteceria em Abril e foi remarcada para o fim do ano.

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar