Inteligente e Amigavel

Caio Mattos

Quando a Honda lançou o face-lift do Civic, no ano passado, ficou faltando a versão top EXR. Mas ela está de volta na linha 2016. O atraso de uma temporada tem explicação: a Honda estava desenvolvendo um novo sistema multimídia em parceria com as empresas Here (ex-Nokia) e Garmin. O navegador por GPS é mais inteligente e mostra o trânsito nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília. Ele traz também a velocidade máxima de cada avenida ou estrada, postos de gasolina e tempo previsto para a chegada. O mapa está atualizado com as informações colhidas para a Copa do Mundo de 2014. A tela mostra imagens da via a ser utilizada e indica a faixa correta. O trânsito é mostrado em três cores: verde (livre), amarelo (alguma ocorrência) e vermelho (congestionado). É quase um Waze, só que sem precisar car fazendo malabarismos com o smartphone enquanto dirige.

E o melhor: o sistema de som cou muito mais amigável. Devido a um sistema que opera por transmissão de rádio, o Civic EXR toca as músicas de qualquer smartphone sem necessidade de conectar por bluetooth. Basta ter um cabo HDMI ou USB. Ele foi desenvolvido na plataforma Android, mas também aceita iPhone, como veri camos durante o test-drive realizado no interior paulista. A vantagem do sistema HDMI é que ele pode espelhar o smartphone, por meio de uma conexão wi , quando o carro está  parado. O novo Civic EXR tem motor 2.0 ex de 150/155 cv (gasolina/ etanol) e câmbio automático de cinco velocidades. As trocas manuais são feitas por borboletas. O motor exdispensa o tanquinho e tem o sistema VTEC, que ajusta a abertura das válvulas, tornando-o mais e ciente. É o mesmo conjunto mecânico da versão intermediária LXR, que é R$ 10.000 mais barata, só que a EXR tem controle de tração/estabilidade, direção adaptativa (que enrijece o esterço quando o motorista faz uma  manobra errada em caso de perda de controle) e assistente de partida em rampa.

Além da eletrônica, que deixou esse Civic muito estável, com um comportamento exemplar na estrada, a versão EXR traz teto solar, airbags laterais e de cortina, bancos de couro, dois twitteres que melhoram a qualidade do som e câmeras de ré com multivisão (a tela touch screen de 7” exibe guias dinâmicas de direção em três ângulos). As maçanetas das portas e as barras inferiores da grade são cromadas. O volante também tem detalhes cromados.

Claro que o Civic EXR não chega nem perto do Si importado (leia na página 48), mas sua pegada é a mais esportiva da linha nacional. As suspensões estão muito bem calibradas, mais duras do que na maioria dos sedãs, o que deixa o carro rme ao fazer curvas. Os pneus 205/55 vestem bonitas rodas de liga leve aro 17. A nova versão EXR 2.0 custa R$ 88.400. A linha Civic 2016 tem ainda três outras versões que já existiam: LXS 1.8 manual (R$ 70.900), LXS 1.8 automática (R$ 73.900) e LXR 2.0 automática (R$ 78.400).