Ipem-SP testa e reprova 6 modelos de lâmpadas automotivas; saiba quais

A fiscalização, que foi chamada de Operação Foco, foi feita a partir de denúncias levadas pelo Sindipeças

0
292
Farol automotivo
Farol automotivo

Uma avaliação feita pelo Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) reprovou 6 de 37 modelos de lâmpadas automotivas oferecidas por 20 marcas comerciais no mercado brasileiro. A fiscalização, que foi chamada de Operação Foco, foi feita a partir de denúncias levadas pelo Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores).

+ Lei proíbe trocar lâmpada do farol do carro; o que muda
+ Como escapar da lei do farol baixo
+ Mitos e verdades sobre lâmpadas automotivas
+ Veja quais multas de trânsito podem ser convertidas em advertência


As lâmpadas automotivas, das marcas Alper, Avionix, Daylux, Eagleye, Excelite, Gauss, GE, Gerlux, HBL, Hella, Magneti Mareli, Multilaser, Osram, Philips, Shocklight, Skyway, Tehc One, Teslla, Veloxparts e Wurth, foram coletadas no período de 2019 a 2020, em fabricantes, distribuidores e varejistas, nas cidades de Cotia, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e São Paulo.

A amostra constituiu-se de 60 lâmpadas de cada modelo, sendo já 20 encaminhadas para ensaio em laboratório e outras 40 armazenadas para ensaios posteriores se necessário. As amostras foram encaminhadas para laboratório acreditado junto ao Inmetro, para ensaios de acordo com os requisitos da Portaria Inmetro 301/2011 e das normas NBR IEC 60809-1997 e IEC 60809-2017.

Foram realizadas medições do bulbo e da base das lâmpadas (que refletem no acoplamento correto e na qualidade da iluminação), ensaio elétrico (para medir se o consumo elétrico estava dentro dos limites especificados) e o ensaio fotométrico (para medir se o fluxo luminoso está dentro das normas). Dos 37 modelos testados, 17 foram aprovados nos ensaios elétrico e fotométrico e 20 modelos apresentaram alguma reprovação.

De acordo com o Ipem-SP, destacaram-se positivamente as marcas/modelos que não tiveram nenhuma reprovação na amostra ensaiada de 20 lâmpadas: Excelite H4; Excelite H7; Gauss H4; Gauss H7; GE H4; Gerlux H4; HBL H4; Hella H4; Magneti Mareli H4; Magneti Mareli H7; Osram H4; Osram H7; Philips H7; Skyway H4; Teslla H4; Teslla H7 e Wurth H7

Já as marcas/modelos a seguir tiveram reprovação em todas as lâmpadas ensaiadas que compunham a amostra: Alper H7; Multilaser H7; Tech One H4; Tech One H7; Velox Parts H4 e Velox Parts H7.

De acordo o Ipem-SP, os fabricantes ou importadores responsáveis pelos produtos com irregulares nos ensaios foram autuados e serão notificados e penalizados pela irregularidade, que podem ser de advertência, em casos mais leves, ou multa de acordo com a gravidade e incidência da irregularidade. As tabelas com os resultados completos podem ser consultadas aqui.

Mais na Motor Show

+ Confira quanto custa manter o Chevrolet Onix Turbo até os 100.000 km
+ Saiba como cuidar da pintura do seu carro
+ São Paulo dará desconto em juros e multas de IPVA atrasado; saiba mais
+ Renault Captur 2022 com novo motor 1.3 turbo começa a ser feito no Brasil
+ Novo Peugeot 3008 chega ao Brasil em junho
+ Caminhão gigante esmaga SUV por acidente; veja o vídeo