Já dirigimos os futuros SUVs da Volks

Demorou, mas o Grupo Volkswagen finalmente aumentou sua oferta de utilitários esportivos. E já aceleramos três novidades que muito interessam ao brasileiro

Os SUVs estão levando os hatches médios e as peruas à extinção. E se antes ficavam mais restritos a mercados onde eram necessários para terrenos e condições climáticas adversos, hoje, muitos deles sem 4×4, são carros para levar as crianças à escola e ir ao shopping. Quem teve bons modelos na categoria na última década se deu bem. Outros acharam que a moda era passageira, e só agora estão chegando para a festa.

Parece ser o caso da Volks: apesar do enorme sucesso do Tiguan no mundo (não tanto no Brasil, por ser importado, e quase todo o período na versão mais cara), a marca demorou a lançar seu sucessor e não investiu globalmente em um SUV compacto para encarar Honda HR-V, Ford EcoSport & cia., e nem em SUVs médios mais competitivos.

Hoje, com a flexível plataforma MQB, o Grupo Volkswagen corre atrás do prejuízo. Além dos conhecidos novos Tiguan (que vem só na versão Allspace de sete lugares), Atlas (uma possibilidade) e Touareg, há três modelos que muito interessam ao mercado brasileiro. O compacto espanhol Seat Arona tem produção confirmada no Brasil: é o SUV do Polo, que chega como VW T-Cross. O VW T-Roc é o SUV pra quem não gosta de SUV, e pode ser importado do México. E o Skoda Karoq deve dar origem ao um rival para o Jeep Compass chamado Tarek.

Confira abaixo as opções:

Tamanho PP: Seat Arona (VW T-Cross)
Tamanho P: VW T-Roc
Tamanho M: Skoda Karoq (VW Tarek)

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga