JAC T40

6303

+ PONTOS POSITIVOS +

Pensado para o gosto brasileiro, o JAC T40 foi concebido para ser um hatch, mas virou um SUV e tem bom preço. É o primeiro carro chinês a ganhar um comparativo da MOTOR SHOW: bateu Chevrolet Onix Activ, Renault Sandero Stepway e Hyundai HB20X. O T40 tem espaço traseiro muito bom e porta-malas de 450 litros. Também generosa é a lista de equipamentos: ar, piloto automático, câmera de ré, direção elétrica, dois isofix, controle de tração/estabilidade, assistente de partida em rampa e volante multifuncional de couro. Por R$ 2.000 a mais leva-se uma tela de 8” e até uma inédita câmera frontal.

PONTOS NEGATIVOS

Apesar de ter uma suspensão bem equilibrada, mantendo o carro firme nas curvas, o JAC T40 não é muito confiável em linha reta. Quando ganha
velocidade, a direção fica um pouco “boba”. Eis um ajuste que a JAC Motors precisa fazer, pois as respostas ao volante sempre é preciso corrigir a trajetória. Também negativo é o fato de ser chinês: alguns consumidores ainda têm preconceito.


Ficha técnica:

JAC T40 1.5

Motor: 1.5 flex
Potência: 125 cv a 6.000 rpm (g) e 127 cv a 6.000 rpm (e)
Torque: 15,5 kgfm a 4.000 rpm (g) e 15,7 kgfm a 4.000 rpm (e)
Câmbio: MT5
Pneus: 205/55 R16
Consumo cidade: 8,5 km/l (g) e 7,7 km/l (e)
Consumo estrada: 12,5 km/l (g) e 11,4 km/l (e)
Emissão de CO2: 124 g/km
Nota do Inmetro: B