Jeep Compass é bem avaliado em teste de colisão nos EUA

Crossover médio recebeu a pontuação mais alta em cinco tipos de teste de colisão realizados pelo órgão independente IIHS


O Jeep Compass feito em Goiana (PE) ainda não foi avaliado pelo Latin NCAP. Mas o mesmo modelo produzido na fábrica da FCA em Toluca (México) e vendido nos mercados da América do Norte recebeu uma boa pontuação nos testes de colisão realizados pelo IIHS, órgão independente dos Estados Unidos que avalia a segurança dos automóveis vendidos no país.

Nos testes do IIHS, o crossover médio obteve o prêmio Top Safety Pick, o segundo mais alto concedido pelo órgão, mas que mesmo assim exige que o veículo avaliado tenha somente notas máximas nos crash tests e seja equipado (como item de série ou opcional) com sistemas de segurança que sejam capazes de evitar uma colisão.  No Brasil e nos EUA, o Compass traz como opcional o pacote que inclui o alerta de colisão frontal e o sistema de frenagem automática de emergência.

O crossover só não recebeu a nota mais alta do IIHS, batizada de Top Safety Pick+, devido à avaliação ruim do nível de luminosidade dos faróis. O conjunto opcional de xenônio recebeu a nota ‘Marginal’ (segunda pior possível), enquanto os faróis com lâmpadas halógenas foram considerados inadequados em quatro testes e receberam a pior pontuação possível.