Jeep Grand Wagoneer ressurgirá no Brasil

Muito se especulou sobre quais produtos a Fiat decidirá fabricar em suas novas  instalações industriais em Goiana, Pernambuco. Falavase desde um pequeno carro popular até dois sedãs – um com a marca Fiat e outro com a marca Dodge – que brigariam no segmento do Toyota Corolla e Honda Civic. Pois bem, já sabemos que a nova fábrica de Goiana produzirá três modelos distintos, ao menos por enquanto. O primeiro carro a sair das linhas de produção, em março ou abril do próximo ano, será o novíssimo Jeep Renegade, que acabou de ser apresentado no Salão de Genebra (ver página 26). 

Pela ordem de lançamento, o segundo modelo produzido pela Fiat será sua nova picape média, que deverá estrear na linha de montagem de Goiana em novembro de 2015, com a marca Fiat. Finalmente teremos em março de 2016 o início da produção de um novo SUV derivado da picape Fiat, mas que será comercializado somente com a marca Jeep. O nome desse novo familiar aventureiro, que poderá transportar até sete pessoas, será Grand Wagoneer, um nome que remete a um SUV produzido pela Jeep para o mercado americano entre os anos 1960 e 1990.

O Jeep Grand Wagoneer será estampado em aço, com uma legítima carroceria monobloco, diferente dos antigos modelos da marca, que utilizavam chassi e longarina com motor longitudinal – a mais clássica das concepções. Esse novo Jeep, além da carroceria monobloco, terá motor transversal e concentração da maior parte mecânica na dianteira, seguindo as atuais tendências mundiais. É interessante ressaltar que o SUV, assim como a picape, foi totalmente concebido e desenvolvido pela engenharia da Fiat aqui mesmo no Brasil. Ou seja, um Jeep brasileiro desde a sua criação até o seu nascimento.

Esse novo SUV será equipado com um motor 4 cilindros 2.4 flex com cabeçote MultiAir de 186 cv de potência e 24,5 kgfm de torque máximo. O novo familiar será oferecido também na versão a diesel, com propulsor 2.0 turbo Multijet de 170 cv e 35,7 kgfm de torque máximo. A tração será nas quatro rodas. Haverá um câmbio manual de seis marchas e também uma versão automática equipada com a novíssima transmissão ZF de nove marchas, que acabou de ser apresentada no Range Rover Evoque. Refinado no seu acabamento e nos detalhes, o Grand Wagoneer será um modelo digno de sua marca e contribuirá para resgatar os dias de glória da marca Jeep em todo o mundo.

 

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga