Justiça: novo Lamborghini comprado com auxílio emergencial

Lamborghini Urus avaliado em R$ 1,2 milhão foi comprado com dinheiro de fraude do auxílio emergencial
Lamborghini Urus avaliado em R$ 1,2 milhão foi comprado com dinheiro de fraude do auxílio emergencial

Um segundo caso envolvendo a compra de um Lamborghini com dinheiro do auxílio emergencial foi revelado pela Justiça dos EUA. Um homem do Estado do Texas teria comprado um Lamborghini Urus avaliado em quase R$ 1,2 milhão com dinheiro obtido em fraude.

Veja o Lamborghini Urus comprado com auxílio emergencial

Lee Price III, 29 anos, recebeu mais de R$ 8 milhões do governo após fraudar uma série de documentos de empresas falsas para conseguir o auxílio. De acordo com as autoridades, ele comprou ainda um relógio Rolex avaliado em R$ 75 mil e quase R$ 15 mil em um clube de strip-tease. Price foi preso na terça-feira.

Este é o segundo caso de fraude do auxílio emergencial nos EUA envolvendo a compra de um Lamborghini. Na semana passada um homem na Flórida foi preso após comprar um Lamborghini Huracán no valor de R$ 1,6 milhão com dinheiro de fraude do auxílio emergencial do governo americano por conta da pandemia do novo.

O Departamento de Justiça dos EUA informou ontem que David Hines, 29 anos, foi preso após fraudar o sistema de auxílio emergencial ao conseguir fazer a solicitação por dinheiro centenas de vezes. As autoridades afirmaram que a fraude de Hines ultrapasse os 20 milhões de reais.

Veja fotos do Lamborghini Huracán comprado por Hines

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar