Kia Sportage terá tecnologia “mild-hybrid” até o fim do ano

SUV médio será o primeiro da marca a contar com o sistema, que é um meio-termo entre os motores a combustão e os híbridos “puros”

8196
Divulgação

O Kia Sportage será o primeiro carro da marca coreana a contar com a tecnologia “mild-hybrid”, revelou o fabricante nesta terça-feira (15). Espécie de meio-termo entre os motores a combustão e os híbridos puros, o sistema (batizado pela Kia como “EcoDynamics+”) fará a sua estreia no mercado internacional até o fim deste ano.

Diferente dos híbridos tradicionais, que combinam dois propulsores (elétrico e a combustão), os carros equipados com o sistema “mild-hybrid” contam apenas com o motor convencional. A diferença fica por conta da substituição do alternador e do motor de arranque por um pequeno gerador elétrico, que além de acumular as funções herdadas dos dois componentes fica responsável por fornecer potência e torque extras ao motor a combustão em situações de alta demanda. O “EcoDynamics+” é compatível com transmissões manuais e automáticas e pode ser adaptado a veículos com tração dianteira, traseira e 4×4.

No caso do Sportage, o propulsor elétrico será combinado inicialmente a um motor diesel e estará ligado a uma bateria de 48V, alimentada pela frenagem e desaceleração do veículo — como em um híbrido de verdade. Segundo a Kia, o uso da tecnologia irá permitir a redução de até 7% nas emissões de CO2 do SUV, de acordo com os padrões europeus de medição.