Kombi é leiloada por R$ 611 mil na Inglaterra

0
712
Auctionata

Muita gente achou exagero pagar R$ 85 mil por uma Kombi Last Edition, série que marcou o fechamento da linha de montagem do veterano utilitário da Volkswagen. Este valor, no entanto, é uma pechincha se comparado ao valor pago por um colecionador alemão por uma Kombi 1955. A venda, feita por um site de leilões inglês, atingiu o preço recorde de 190 mil euros (R$ 611 mil).

De acordo com a casa de leilões, a alta soma é justificada pela raridade do modelo, um dos 11 primeiros exemplares fabricados em 1955 na unidade industrial de Wolfsburg, na Alemanha.


A perua se destaca também pela originalidade. Tapeçaria, lanternas e faróis, além das calotas e janelas, são as mesmas com que o modelo saiu de fábrica há mais de meio século. De novo, apenas a pintura em marrom e preto, que no entanto segue o padrão original.

O alemão que arrematou este exemplar levou ainda toda a documentação do automóvel, emplacado pela primeira vez na Áustria, e que inclui também manuais e o kit completo de ferramentas.

A Kombi original, conhecida no exterior como T2, foi produzida de 1950 a 1979. No Brasil, a linha de montagem do modelo foi encerrada apenas em dezembro do ano passado.