Lançado em 1979, Mercedes-Benz Classe G não deve sair de linha tão cedo


Lançado em 1979 e retocado diversas vezes pela Mercedes-Benz, o jipão Classe G é hoje um dos mais antigos carros em produção com a sua carroceria original. Mas ao contrário do que irá acontecer com o concorrente (e veterano) Land Rover Defender, o utilitário alemão deve permanecer firme e forte por mais alguns anos.

Em entrevista ao site australiano Car Advice, o vice-presidente da divisão de SUVs e esportivos da marca alemã, Wolf-Dieter Kurz, destacou que a empresa não tem planos para retirar o modelo de produção. “Nos últimos 36 anos, mantivemos o Classe G sempre atual. E ainda trabalhamos no desenvolvimento deste veículo”. 

O principal desafio, segundo Kurz, é preparar o modelo para atender às cada vez mais restritivas normas de emissões europeias, motivo que é apontado pela Land Rover como um dos responsáveis pelo fim do Defender, que sai de linha até o fim deste ano após 67 anos de produção.

Além do mercado civil, o fabricante alemão atende também ao mercado de defesa, com versões militarizadas do modelo. No Brasil, o jipão da Mercedes-Benz é vendido apenas na versão G 63 AMG, equipada com um motor 5.5 V8 biturbo de 544 cv, capaz de levar o utilitário de 2.550 kg aos 210 km/h.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel