Leilão de carros: 6 dicas para economizar e evitar roubadas

0
874
HB20, um dos favoritos em leilão de carros
HB20, um dos favoritos em leilão de carros

Comprar um veículo seminovo ou usado em um leilão de carros pode ser uma das melhores formas de economizar um dinheiro. Mas esse segmento, infelizmente, é um dos mais visados por golpistas. Por isso é preciso ter muito cuidado ao se deparar com uma oferta imperdível. Sites falsos e empresas fantasma costumam ser o principal recurso dos golpistas.

Ford Focus RS de Ken Block é arrematado por mais de R$ 1 mi
Duas limousines utilizadas por John F. Kennedy vão a leilão


Mas esse é um segmento repleto também de empresas sérias e idôneas que organização leilão de carros com ofertas de fato imperdíveis. Para ajudar quem quer se iniciar nesse universo, a MOTO SHOW foi buscar a experiência de quem entende bastante do assunto. Antonio Hissao Sato Junior é o leiloeiro responsável da Sato Leilões, e no texto abaixo reuniu as principais dicas para quem quer participar de um leilão de carros de forma segura.

1. Leia o edital do leilão de carros

No edital são disponibilizadas com antecedência todas as informações essenciais do leilão, como: data, hora, local (para eventos presenciais), lance inicial, modo de pagamento, condições do veículo, se há pendências, entre outras informações sobre o item.

O edital é como um contrato para o consumidor e em nenhum momento deve ser ignorado. Caso não seja lido com máxima atenção, pode se tornar uma grande dor de cabeça após o arremate.

2. Pesquise tudo sobre a empresa e o leiloeiro

Antes de participar de qualquer leilão de carros, consulte informações sobre quem está organizando o evento, seja pela internet, jornal ou órgãos públicos, como a junta comercial, que possui todos os dados dos leiloeiros. Agindo desta forma você garante que está participando de algo autêntico e não de uma fraude.

Se ainda tiver dúvidas, após este processo, verifique o endereço informado pela empresa no site e nas redes sociais. Muitos golpistas utilizam localizações falsas para enganar os consumidores, que só descobrem o crime após realizarem o pagamento referente ao veículo adquirido.

3. Visite o pátio

Se residir na mesma região da leiloeira ou puder se deslocar até lá, visite o pátio e confira os lotes de seu interesse pessoalmente. Além de garantir que o bem existe, de fato, você poderá realizar uma inspeção visual, que diz muito sobre o estado de conservação do veículo.

Neste momento em que medidas preventivas estão sendo tomadas para garantir o bem estar de todos, as empresas também estão disponibilizando vídeos e fotos de cada item na internet, que ajudam neste processo.

Não esqueça de averiguar as possíveis manutenções que serão necessárias no carro, moto ou utilitário. Além disso, verifique qual o valor do veículo em tabelas de usados e concessionárias, para ter certeza que trata-se de um negócio vantajoso.

4. Assista ao leilão de carros

Por conta da pandemia, a maior parte dos leilões presenciais estão suspensos, no entanto, as casas leiloeiras têm transmitido todos os eventos ao vivo pela internet. Este tipo de prática, é muito importante para que não haja dúvidas de que se trata de algo legítimo.

É importante ressaltar que, para participar desta modalidade existem as seguintes etapas: cadastro no site da leiloeira, habilitação para acesso (que garante a segurança do processo), oferta de lances e por fim o arremate (compra).

Seguem alguns termos que são importantes para quem está iniciando em leilão de carros:

  • Lance manual: é a oferta realizada manualmente pelo consumidor.
  • Limite de lance: é programado, feito de forma automática na plataforma online. Ele cobre o lance atual com o incremento mínimo até chegar ao limite estabelecido pelo participante.
  • Incremento mínimo: é o valor de acréscimo do lance, definido previamente pela leiloeira.

5. Seja estratégico

Após escolher o lote, é importante verificar qual o seu valor real no mercado. Com isto, você conseguirá avaliar melhor o item que está interessado e se está realizando um bom negócio.

Não esqueça de observar as condições do bem, as possíveis manutenções que serão necessárias e os custos com taxas e documentação. Por fim, estabeleça uma quantia que deseja oferecer no leilão e tenha em mente que, quanto mais pessoas envolvidas em uma disputa de preços, maior tende a ser o valor final.

6. Não faça nenhum depósito sem averiguar a conta

Ao participar do leilão de carros, fique atento aos métodos de pagamento. Quando for realizar o depósito referente ao item adquirido, certifique-se que a conta esteja em nome do leiloeiro oficial ou do comitente.

Não realize, em hipótese alguma, pagamentos em contas de empresas. Muitos golpes têm ocorrido dessa forma.

Vale ressaltar também que, em um leilão oficial, não é possível desistir da compra de um bem após arrematá-lo. Portanto, pense bem antes de enviar uma oferta.