Linha 2020 da Nissan Frontier chega às concessionárias

A linha 2020 da Nissan Frontier chegou às concessionárias com mudanças pontuais. O utilitário estreou novas opções de grafismos, rodas e protetor de caçamba; confira

Nissan Frontier

A linha 2020 da Nissan Frontier chegou às concessionárias exibindo mudanças pontuais. Produzida em Córdoba, na Argentina, a picape média estreou novas opções de grafismos, rodas e protetor de caçamba. A gama é composta por quatro versões e preços entre R$ 140.900 (S com câmbio manual) e R$ 197.900 (topo de linha LE).

As configurações S, Attack e XE receberam novas rodas, enquanto a LE passou a ter protetor de caçamba, molduras laterais e adesivos 4×4 colados na traseira. Todas as Frontier 2020 ganharam o sistema de pagamento automático “Sem Parar” – o primeiro modelo da Nissan foi o 100% elétrico Leaf.

Dois planos estão disponíveis: o “Na cidade” é indicado para os clientes que se deslocam mais na cidade. As doze primeiras mensalidades são gratuitas. A partir do 13° mês será cobrada uma taxa de R$ 13,41/mês. Caso o consumidor passe no pedágio, haverá uma cobrança de R$ 14,90 no mês de utilização do serviço.

A outra opção é o “Em Todo Lugar”, que é destinada para quem viaja com frequência. De acordo com a Nissan, as quatro primeiras mensalidades são gratuitas – após a mensalidade é de R$ 25,11/mês. Sob o capô, a Nissan Frontier segue equipada com o motor 2.3 a diesel, com um ou dois turbos, capaz de entregar 160 cv ou 190 cv de potência.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel