Locadoras vão comprar 400 mil carros a menos em 2021

A expectativa da Abla é de que o mercado só volte a se normalizar em 2022

0
2206
chave carro
Chave de carro

Os problemas de produção que afetam atualmente a indústria automotiva seguem impactando também os planos de aquisição de novos veículos por parte das locadoras de carros. De acordo com a Abla (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis), a expectativa atual é fechar 2021 com a realização de, no máximo, 50% da meta de aquisição de 800 mil carros ao longo do ano.

+ Avaliação: Fiat Toro Turbo anda bem, mas ainda bebe muito
+ Hyundai libera imagens oficiais do novo Creta 2022
+ Rali de carros antigos irá reunir 25 clássicos em viagem de 1.200 km
+ Renovação da CNH pode ser feita por meio dos canais digitais do Poupatempo


“A queda é impactante frente ao total de carros que o setor iria comprar, não fossem as consequências dessa pandemia”, destacou em nota o presidente do Conselho Nacional da Abla, Paulo Miguel Junior.

As novas projeções da entidade que representa as locadoras vão ao encontro das estatísticas da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Em junho, foram quase 167 mil unidades produzidas, o que representou retração de 13,4% em relação ao mês de maio. Ainda de acordo com o Miguel Júnior, a expectativa da Abla é de que o mercado só volte a se normalizar em 2022.

Mais na Motor Show

+ Avaliação: Audi RS 4 Avant descarrega 450 cv de potência e muito equilíbrio
+ Uber cobra o equivalente a R$ 2.300 por corrida de 2,8 km; entenda
+ Novo Porsche Macan estreia no Brasil a partir de R$ 415.000
+ Chevrolet terá 4 lançamentos no Brasil até o fim do ano
+ Etanol vs. gasolina: veja como fazer o cálculo exato para cada modelo de carro
+ Preço médio da gasolina no Brasil já ultrapassa os R$ 6, aponta pesquisa