Manhart põe dose de pimenta extra no Toyota Supra

As modificações trouxeram módulo de potência e novo silencioso traseiro para, agora despejar 456 cv de e 66,2 kgfm 

O Toyota Supra da Manhart ganhou pimenta extra e 100 cv a mais
O Toyota Supra da Manhart ganhou pimenta extra e 100 cv a mais

A Manhart é uma especialista em desenvolver upgrades para os modelos da BMW. Portanto, ficou moleza para a preparadora alemã dar um toque de pimenta extra na geração A90 do Toyota Supra. Afinal, o esportivo nipônico utiliza como base o BMW Z4.

Rebatizado para Supra GR 450, ele é baseado no Toyota GR Supra e, entre as modificações, ganhou o módulo de potência MHtronik e um novo silencioso traseiro de aço inox. A potência do motor de seis cilindros em linha 3.0 turbinado (B58) saltou de 344 cv e 51 kgfm para 456 cv de potência e 66,2 kgfm de torque.

+ Ford GT Liquid Carbon é de tirar o fôlego; veja
+ Novitec apimenta McLaren Senna para 900 cv de potência
+ Após carro mais caro do mundo, Bugatti promete novidades

As suspensões ganharam um kit de coilovers KW Variant 3, com ajustes da Manhart, além das rodas côncavas Manhart de 20″ vestirem pneus de medidas 265/30 ZR20 na dianteira e 265/30 ZR20 atrás.

O visual ficou completo pelas discretas faixas e detalhes em vermelho na carroceria. No ano passado, um outro Supra modificado deu as caras e veio da AC Schnitzer. Este último, com 400 cv e 61,2 kgfm, suspensão 25 mm mais baixa e novo kit de carroceria, só para comparar.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel