McLaren de Lewis Hamilton é arrematado por US$ 6,6 mi

O McLaren MP4-25A levou Sir Lewis Hamilton à vitória do Grande Prêmio da Turquia de 2010 e também foi pilotado por Jenson Button

0
314
McLaren Lewis Hamilton
Foto: RM Sotheby's

O McLaren MP4-25A pilotado por Sir Lewis Hamilton no Grande Prêmio da Turquia de 2010 foi arrematado por US$ 6,6 milhões (aproximadamente R$ 34.671.120, em conversão direta). O leilão foi organizado pela RM Sotheby’s durante o GP da Inglaterra do último final de semana.

+ Grife cria relógio de R$ 5,3 milhões para combinar com o McLaren Speedtail
+ McLaren Senna para lá de exclusivo está sendo leiloado
+ Carlex Design cria visual exclusivo para o McLaren 720S
+ Nem amaciou: McLaren Senna com apenas 152 km rodados é leiloado

À ocasião, Hamilton foi o vencedor do GP da Turquia e a bordo do MP4-25A conquistou o segundo lugar no GP da China. O monoposto ainda foi conduzido por Jenson Button, que terminou no terceiro lugar do GP de Abu Dhabi daquele ano.

Mais na Motor Show

+ Leilão da frota da Ford traz EcoSport ‘0km’ e F-250 com 1.800 km
+ Diesel sobe de preço e atinge patamar mais alto no ano, aponta pesquisa
+ Ford cria ‘perfume de gasolina’ para donos de carros elétricos
+ Pesquisa aponta os carros antigos europeus mais famosos no Instagram
+ Avaliação: Renault Arkana é o novo SUV-cupê que pode virar nacional
+ Volkswagen marca o fim do Passat americano com série especial

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel