Mercado


Empolgada com a disputa pela liderança do mercado nacional, a VW levou um novo golpe. É que a participação de mercado da Chevrolet no segmento de automóveis cresceu de 20,26% (acumulado de 2009) para 22,89% (agora em janeiro). Nos comerciais leves, a participação subiu de 17,58% para 18,14%. O resultado se deve, em parte, às vendas do Agile (em nono no ranking) e do Prisma, que tirou do VW Voyage o status de ser um dos três sedãs pequenos mais vendidos do País.

Fonte: Fenabrave

 

VW PARATI SEGUE À FRENTE DA PEUGEOT 207 SW

Apesar de a aposentadoria definitiva da Parati ter sido anunciada há tempos (e de suas vendas representarem apenas um quarto das da SpaceFox) -, a VW tem conseguido, há alguns meses, vender mais unidades da velha perua derivada do Gol antigo do que a Peugeot vendeu da 207 SW. Em janeiro, foram 470 Parati e 589 Peugeot 207 SW. A Palio Weekend, líder, vendeu 3.976 unidades no mesmo período deste ano.

Fonte: Fenabrave

 

Fonte: Fenabrave

 

Fonte: ANP 31/01/10 a 06/02/10

Fonte: Fenabrave

 

PEUGEOT 207 PASSION ULTRAPASSA O VW POLO

Enquanto as vendas da perua e do hatch da linha Peugeot 207 vão de mal a pior, curiosamente as do sedã 207 Passion surpreendem positivamente. Em janeiro, as vendas do modelo três volumes (1.563 unidades) superaram as do Volkswagen Polo Sedan (1.123 emplacamentos), que era o segundo colocado em dezembro. Ao mesmo tempo em que os dois disputam o segundo lugar, o novo Honda City consolida-se na liderança do segmento de sedãs compactos, que ainda inclui Ford Focus Sedan (leia comparativo nesta edição) e Chevrolet Astra Sedan, que agora é vendido apenas para frotistas.

CAPTIVA E CR-V DESBANCAM A PAJERO

Há tempos o Mitsubishi Pajero (na verdade, todas suas versões – TR4, Full e Sport) mantinha-se em terceiro lugar no segmento de SUVs. Mas, no último mês de janeiro, o modelo japonês perdeu território. O Chevrolet Captiva e o Honda CR-V, quase empatados (1.025 e 1.020 unidades, respectivamente), passaram à frente do Mitsubishi. Mesmo assim, apesar do golpe, a Pajero não ficou longe: foram 1.006 unidades emplacadas no primeiro mês do ano. Mas já não está mais entre os três SUVs mais vendidos do País.

 

C5 SURPREENDE ATÉ A CITROËN

Quando o novo Citroën C5 foi lançado no ano passado, a montadora tinha expectativas modestas de vendas – e começou a trazer o sedã de luxo em pequenos lotes, 50 unidades cada um. Mas ele surpreendeu. Só em janeiro, o carro vendeu quase o dobro disso: foram 95 emplacamentos. Conseguiu, assim, o terceiro lugar no ranking do segmento de sedãs grandes, à frente de Audi A4, Toyota Camry e Kia Magentis, por exemplo.

 

DUPLICA A PARTICIPAÇÃO DOS SEDÃS COMPACTOS

Com 2.593 unidades emplacadas em janeiro, o Honda City foi um dos poucos modelos do mercado nacional cujas vendas cresceram de dezembro para janeiro. Mais de mil unidades à frente do segundo colocado, o Honda ajudou a participação do segmento de sedãs compactos a dobrar, passando de 2,01% no acumulado do ano passado para 3,94% agora em janeiro. A título de comparação, o segmento de sedãs médios encolheu de 10,42% para 6,7%, considerado o mesmo período.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorMercado
Próxima notíciaAtomobilismo Nacional