Mercado


Agosto foi um mês excepcional para o Honda CR-V. O crossover produzido no México deu um salto de vendas que, pela primeira vez, o colocou no segundo lugar do segmento (com 2.096 unidades emplacadas em um mês). Foi a primeira vez na história que o Honda apareceu à frente não só do Mitsubishi Pajero (incluídas todas suas versões), tradicional terceiro colocado, mas também do Hyundai Tucson, eterno segundo lugar (que já chegou a ser primeiro). Com a chegada dos novos ix35 e Sportage, ele pode cair ainda mais no ranking.

312.812

Foi o número de automóveis e comerciais leves emplacados no Brasil em agosto, segundo a Fenabrave. Houve um crescimento pequeno, de 3,46%, em relação a julho, mas suficiente para que se registrasse o segundo melhor mês de vendas da história, perdendo apenas para março deste ano, último mês de redução do IPI para automóveis.

REESTILIZADO, HYUNDAI AZERA VOlTA A CRESCER

Em 2009, o Hyundai Azera já tinha batido a marca de mil unidades emplacadas em um mês, mas as vendas se estabilizaram entre 500 e 600 unidades. Em agosto, com a linha 2011 – que sofreu uma reestilização e ganhou mais equipamentos de série (leia nesta edição) -, atingiu a marca de quase 800 unidades (perde para o Fusion, com 956 unidades no mesmo mês, mas que a Fenabrave considera como médio). Já o Chevrolet Malibu, seu mais novo rival, teve 246 unidades emplacadas no mesmo período.

Recall

Convocação dupla da Kia: os modelos Mohave (367 unidades) e Sorento (foto, 1.440 unidades) fabricados entre setembro de 2009 e julho deste ano precisam ter os chicotes de iluminação do interior verificados. Nos modelos com iluminação interna na porta, os chicotes podem superaquecer ou causar curto-circuito, com risco de incêndio. Ligue para 0800-7711011.

A Jaguar convoca 11 proprietários dos modelos XF e XK, nas versões 5.0 V8, para atualização do software do sistema eletrônico da bomba de combustível. Uma falha pode causar a parada repentina do motor, o que faz com que os pedais dos freios percam eficiência. Para obter mais informações acesse www.gbcars.com.br ou ligue para 0800-7291420.

Todos os Agile vendidos no Brasil até hoje (59.714 unidades) precisam comparecer às concessionárias Chevrolet para substituição da mangueira de combustível, que, segundo a marca, poder ter pequenas fissuras que ocasionariam vazamento de combustível – com possibilidade remota de incêndio no compartimento do motor. Os reparos começaram dia 13 de setembro e podem ser agendados no 0800-7024200.

Mais um recall de um Honda “antigo”: proprietários de 120 unidades do Accord 2003 devem comparecer às concessionárias para reparo de um defeito na chave, que permite que ela seja tirada sem que a alavanca do câmbio esteja em P (estacionamento). Se o freio de estacionamento não estiver acionado, o carro pode andar “sozinho”. Acesse www.honda.com.br ou ligue 0800-0171213.

CERATO CONTINUA SUBINDO E JÁ AMEAÇA VECTRA

Em agosto, as vendas do Cerato, que já vinham subindo, surpreenderam: foram emplacadas 1.687 unidades, mais que o dobro de julho (801 unidades). O sedã da Kia já ameaça a Chevrolet, que há tempos mantém o Vectra na terceira colocação do segmento de sedãs médios. Faltaram apenas 151 unidades para o Cerato – hoje com motor só a gasolina – passar o rival. A diferença deve diminuir com a chegada do Cerato flex, prevista para o Salão do Automóvel, no final de outubro.

11 Anos e 5 meses

Foi o tempo total que a Renault Scénic ficou à venda no mercado nacional, até, finalmente, ser aposentada no mês passado – sem deixar substituto. Apesar do grande sucesso na época do lançamento e nos anos seguintes, as vendas vinham caindo por causa da falta de atualização do modelo (houve apenas uma leve reestilização nestes anos todos).

UMA VERSÃO INTERMEDIÁRIA DA FRONTIER 2011…

A Nissan apresentou uma nova configuração da Frontier. Para completar a gama – XE, básica (R$ 83.990 com tração 4×2 e R$ 91.990 4×4), e LE, top (4×4, por R$ 113.890 com câmbio manual e R$ 121.290 com caixa automática) – a marca lança a Frontier SE (no centro da foto). Além dos itens da XE, a nova versão, com câmbio manual de seis velocidades (em versões 4×2, por R$ 91.790, ou 4×4, por R$ 98.390), ainda oferece airbag duplo, ABS, alarme e para-choque traseiro cromado. O motor é o mesmo da básica, um turbodiesel de 144 cv (a versão top tem 172 cv).

… PARA COMBATER A VERSÃO DE ENTRADA DA AMAROK

A nova Frontier SE, acima, chega como uma resposta – não se sabe se premeditada – à nova versão da Amarok. Inicialmente oferecida só na versão Highline (mas ainda sem câmbio automático), vendida por R$ 119.490, agora a marca oferece a Trendline, por R$ 102.990. Apesar de ser a versão de entrada, tem o mesmo motor (e câmbio de seis marchas) e bons itens de série, como rodas 17, ar-condicionado digital, ABS e muito mais.

HORA DE PECHINCHAR: FIAT STILO

A chegada do hatch médio da Fiat, o Bravo, está próxima. Como ele é provável substituto do Stilo, é hora de começar a chorar descontos na compra do hatch que deve sair de linha. Além da chegada do Bravo, pesa contra o Stilo o fato de ele ser um dos únicos modelos da marca que não receberam nenhuma opção dos novos motores da marca, da família E.Torq. A situação, é, portanto, pouquíssimo favorável ao hatch – o que, dependendo do desconto, pode acabar sendo muito bom para o seu bolso.

 

COMPARTILHAR
Notícia anteriorSomente feras!
Próxima notíciaEditorial