Mercado de carros registra queda nas vendas, mas preços aumentam

Os veículos seminovos (de 0 a 3 anos) tiveram uma variação média de 2,96%

0
61
Foto: Pexels

As vendas de carros registraram queda no mês de fevereiro. De acordo com os dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), foram licenciados 129 mil veículos em fevereiro de 2022, o que representa uma forte queda de 22,8% no comparativo com o mesmo período de 2021.

No entanto, mesmo com esse cenário, os preços não recuaram. É o que aponta o Monitor de Variação de Preços da KBB Brasil, empresa especializada em preço de veículos novos e usados. Os grandes responsáveis foram os veículos seminovos (de 0 a 3 anos), com variação média de 2,96%, e os carros usados (de 4 a 10 anos), com alta de 1,87% em média. Já os carros 0km sofreram variação de apenas 0,25%.

+ Veja quais são as motocicletas de luxo mais buscadas e vendidas online
+ Carro Usado: Hyundai Creta de primeira geração foi líder de vendas
+ Stellantis lidera vendas na América do Sul no início de 2022
+ Caoa Chery vende 3.238 carros em fevereiro
+ Fiat fecha fevereiro na frente e amplia liderança no mercado brasileiro


Veículos novos

Os preços de veículos 0km apresentaram uma variação de +0,36% nos modelos 2022, enquanto os 2021 não tiveram variação expressiva. Esse cenário é inferior ao demonstrado durante todo o ano de 2021, quando os modelos 2022 variaram 1,67% e os modelos 2021 1,09% em média por mês.

Foto: Divulgação

Seminovos e usados

Para os veículos seminovos e usados, o levantamento aponta que houve um expressivo arrefecimento na inflação destas categorias em comparação com janeiro, mas mantendo a tendência de alta.

Em relação aos seminovos, com até três anos de uso, aqueles com ano modelo 2020 foram os que mais subiram de preço em fevereiro: 4,21% em média, número que deixa esses veículos bem acima da variação apresentada em 2021, quando a alta foi de, em média, 1,06% ao mês.

Foto: Divulgação

Já em relação aos carros usados, entre 4 e 10 anos de uso, a variação de 1,87% para a categoria ficou abaixo da média de 2,04% de variação mensal observada ao longo do ano passado. Dentre os anos modelos desta categoria, novamente os veículos de 2012 (igual ao mês de janeiro) foram os que mais subiram de preço em fevereiro, com variação de 2,66%.

Foto: Divulgação

Metodologia

O MVP de fevereiro da KBB Brasil analisou 26.376 versões disponíveis no mercado para fazer o levantamento. A KBB Brasil utiliza tecnologias de análise de dados e Big Data para produzir os levantamentos de precificação de veículos novos e usados.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ F1 2022: a temporada começou; veja onde assistir
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Avaliação: Toyota Yaris Sedan e a questão da racionalidade
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Preço da gasolina aumenta 8,7% e litro chega a custar até R$ 8,399
+ Hyundai convoca recall do Creta 2022 por desempenho no motor
+ A Mobylette está de volta, agora elétrica
+ IPVA 2022: 2ª parcela vence nesta quinta (17) para grupo de veículos
+ Vídeo: cilindro de gás (GNV) explode enquanto carro é abastecido
+ Jeep lançará Compass híbrido em abril no Brasil; veja a avaliação