Mercedes-AMG GT 43 chega ao Brasil por R$ 575.900

O Mercedes-AMG GT 43 chegou ao Brasil neste mês por R$ 575.900. Limitado em apenas 20 unidades traz motor de seis cilindros 3.0 de 367 cv e 50,9 kgfm

O Mercedes-AMG GT 43 chegou às concessionárias neste mês para ser uma “opção de entrada”. Oferecido por R$ 575.900, o cupê de quatro portas é restrito em apenas 20 unidade e cobra menos da metade comparado ao GT 63 S (R$ 1.386.900).

Motor de seis cilindros em linha despeja 367 cv de potência 

Sob o capô do Mercedes-AMG GT 43, se esconde uma unidade de seis cilindros em linha 3.0 de 367 cv de potência entre 3.500 e 6.100 rpm e 50,9 kgfm de torque de 1.800 a 4.500 rpm. Ele trabalha conjuntamente ao sistema EQ Boost.

Essa tecnologia substitui o motor de partida e o alternador por um motor elétrico para oferecer 22 cv e 25,5 kgfm extras a serem utilizados em momentos específicos. O câmbio é automático 9G-Tronic de nove marchas e a tração traseira.

O conjunto possibilita acelerar de 0 a 100 km/h em cinco segundos, enquanto a velocidade máxima é de 270 km/h (limitada eletronicamente). O prazer da condução também é garantido pelo AMG Track Pace, que oferece o auxílio de tempos de volta, aceleração e telemetria ao vivo. O consumo combinado é de 12,1 km/l, segundo a norma NEDC.

A elegância das linhas do Mercedes-AMG revela 5,054 m de comprimento e um visual idêntico aos demais integrantes da família. Entre os destaques, aparecem os faróis Full-LED e as rodas AMG de 20″, com pneus de medidas 265/40 R20 na dianteira e 295/35 R20 atrás. O porta-malas tem capacidade para 456 litros.

De série, alguns itens do Mercedes-AMG GT 43 são: ar-condicionado de quatro zonas, sistema de estacionamento automático, central multimídia dotada de tela de 12,3″ e áudio da renomada Burmester composto por 14 alto-falantes, amplificador de 10 canais e 640 watts de potência.

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga