Mercedes-AMG GT

0
116

O Mercedes-AMG GT é o substituto do modelo SLS, que foi lançado em 2010. Ele é o segundo carro totalmente desenvolvido pela casa Mercedes-AMG e debutou no último Salão de Paris, em outubro. Mas vamos ao que interessa! Tudo nesse superesportivo foi pensado para oferecer o máximo de desempenho. Sua construção leve, feita com 93% de alumínio, cooperou no peso de 1.540 quilos. Sob o capô, pulsa um motor V8 4.0 biturbo, na posição dianteira entre-eixos, que está associado a um câmbio de dupla embreagem e sete marchas, montado junto ao eixo traseiro. Tal solução resultou em 47% do peso na frente e 53% atrás.

São duas versões com potências distintas: GT, de 462 cv a 6.000 rpm e 61 kgfm disponíveis de 1.600 a 5.000 rpm e a mais endiabrada; e GT S, que despeja 510 cv a 6.250 rpm e oferece 66,2 kgfm entre 1.750 e 4.750 rpm. Em ambas as versões, o desempenho é de arrepiar.

A GT faz de 0-100 km/h em 4 segundos e a GT S acelera da imobilidade aos 100 km/h em 3,8 segundos. A velocidade máxima é de 304 km/h na GT e de 310 km/h na GT S.


Para deixar tudo ainda melhor, o motorista tem à disposição os modos de condução, que alteram os parâmetros do carro. São eles: “C” (E ciência Controlada), “S” (Sport), “S+” (Sport Plus), “I” (Individual), “M” (Manual) e o programa “Race” (apenas no GT S). A suspensão AMG Ride Control tem amortecedores controlados eletronicamente e podem ser con gurados em três estágios: “Comfort”, “Sport” e “Sport Plus”. No GT S, para domar seus 510 cv de potência, foram instalados discos de freios dianteiros ventilados de 390 mm de diâmetro. As rodas dianteiras têm aro 19 e são vestidas com pneus 265/35, já as traseiras têm aro 20 com pneus 295/30.

SHARE
Artigo anteriorFord Mustang GT 5.0
Próximo artigoHonda NSX