Mercedes "Asa de Gaivota" deve atingir os US$ 6,5 mi em leilão

Com um lance máximo estimado na casa dos US$ 6,5 milhões (cerca de R$ 22 milhões), uma das 29 unidades produzidas com carroceria de alumínio do lendário Mercedes-Benz 300SL “Asa de Gaivota”, deverá estabelecer um novo recorde de preço para o modelo. O exemplar será uma das atrações de um leilão da RM Auctions, que acontece em agosto, em Monterrey (EUA).

A explicação para esta expectativa é o fato do clássico, de 1955, ser considerado uma verdadeira raridade dentre as raridades. Além da carroceria de liga leve, o carro está equipados com todos os opcionais oferecidos na época, o que inclui malas personalizadas, as rodas Rudge de cubo rápido, suspensão esportiva e o motor original ‘Sonderteile’, uma versão especial do 3.0 de seis cilindros e injeção direta dos 300SL comuns e que desenvolve 218 cv.

Originalmente branco, o exemplar passou por uma profunda restauração na Alemanha, quando várias chapas de alumínio (danificadas pelo tempo) foram trocadas e o carro foi pintado na cor prata, além de ganhar um novo interior no padrão original, em couro vermelho. Atualmente, ostenta 2.481 quilômetros em seu hodômetro.

O recorde atual de preço do modelo pertence a outro 300SL de alumínio, que foi vendido em 2012 por US$ 4,62 milhões (R$ 15,6 milhões em valores atuais). Produzido entre 1954 e 1957, o supercarro teve 1,4 mil unidades fabricadas, número que já inclui os carros de alumínio.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar