Mercedes-Benz 220 D Pickup: a outra picape da estrela

Recém-apresentada como conceito, a Classe X não é a primeira picape da Mercedes-Benz. Antes dela, a marca chegou a ter alguns utilitários com caçamba, mas baseados nos carros de passeio da empresa. E um desses modelos foi o 220 D Pickup, veículo que foi produzido na Argentina entre os anos de 1972 e 1976.

Membro da geração W115, o que a torna um ancestral distante do atual Classe E, a picape surgiu de uma manobra da filial argentina da Mercedes-Benz para contornar a legislação local daquela época, que impedia a importação de veículos de passeio mas liberava a entrada de peças do exterior, desde que elas fossem utilizadas na produção de utilitários.

Sendo assim, a montadora iniciou a importação de componentes mecânicos do sedã alemão, tomando o cuidado de selecionar para ele um motor 2.2 diesel de apenas 60 cv. E para ressaltar o caráter utilitário do veículo, o sedã europeu 220 D acabou ganhando uma exclusiva carroceria de picape na Argentina.

Como já era de se esperar, muitos exemplares acabaram recebendo modificações por empresas independentes, para se transformar em picapes de cabine dupla, peruas e até sedãs. Algumas unidades desta picape adaptada acabaram sendo exportadas para a Alemanha, onde acabaram sendo utilizadas como carros de manutenção para o serviço de bondes da cidade de Stuttgart.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar